Real Madrid e Barcelona jogam entre si um torneio quase que paralelo ao disputado pelo resto do Campeonato Espanhol. Nas últimas temporadas, com exceção de algumas “intromissões” do Atlético de Madrid, os dois se alternam entre a primeira e segunda colocação da liga, tendo  atuações dominantes contra as equipes menores, transformadas em muitas goleadas – algumas simples, outras humilhantes.O Globoesporte.

com analisou os números das últimas seis temporadas, incluindo a atual, para saber qual dos gigantes espanhóis aplicou mais goleadas na década até agora. A decisão foi apertada, tendo como vencedor o Real, com 80, quatro a mais que o Barça, 76.

O levantamento considerou placares com o mínimo de três gols de diferença.O número assusta, principalmente quando comparado aos de outras equipes na Europa.

O Atlético de Madrid, por exemplo, terceira força na Espanha, goleou apenas 32 vezes no período. Em sua temporada mais abundante, a de 2013/2014, quando foi campeão, os comandados de Simeone tiveram apenas sete placares folgados – três a menos que o pior desempenho no quesito entre Real e Barça, de 11, sem contar o torneio corrente.

Na Alemanha, onde o campeonato nacional também conta com uma equipe que desequilibra, o Bayern de Munique até chegou perto. Os bávaros golearam 65 vezes no período.

A maior delas foi contra o Hamburgo, por 8 a 0, na 21ª rodada da temporada passada.Nas vantagens maiores, Real e Barcelona também dão aula.

O placar com mais diferença de ambos na década é o mesmo do Bayern: oito gols de diferença. Mas ocorreu mais vezes, e, em algumas ocasiões, com mais gols marcados.

As vitimas foram Almeria, Osasuna e Cordoba no caso do Barcelona. O Real Madrid passou por cima de Granada e Rayo Vallecano, que foi vítima da que pode ser considerada a goleada do século no Espanhol.

O jogo aconteceu nesta temporada, no Santiago Bernabeu, e terminou em 10 a 2 para a equipe madrilenha. Cristiano Ronaldo mandou duas bolas para a rede nessa partida.

Pouco para o “artilheiro das goleadas” na década. O atacante português marcou 139 vezes nesse tipo de vitória pelo Real Madrid.

Messi ficou bem atrás, com número ainda assim expressivo: 119.Neymar, que chegou no Barça em 2013, não teve tanto tempo quanto o argentino e o português, mas não fez feio.

O brasileiro ajudou a equipe catalã a vencer bonito com 33 gols.No próximo sábado, Real Madrid e Barcelona se enfrentam no Camp Nou, às 15h30 (de Brasília).

Será a segundo confronto entre os dois na temporada do Espanhol. A primeira partida, no Santiago Bernabéu, terminou exatamente em goleada: 4 a 0 para os catalães, com show do trio MSN (assista aos gols no vídeo abaixo).

Será que o Real se vinga? Ou o Barça se impõe mais uma vez? Você acompanha todos os detalhes do jogo em Tempo Real no Globoesporte.com.

 * Estagiário sob a supervisão de Felipe Barbalho
.

Fonte: Globo Esporte