A passagem pelas categorias de base da seleção brasileira não sai da cabeça de Barreto. Em 2015, o jovem volante do Criciúma foi convocado para disputar os jogos Pan-Americanos, no Canadá, e voltou ao Sul de Santa Catarina com a medalha de bronze no peito. Agora, titular no Criciúma e peça de confiança de Roberto Cavalo, o jovem quer aparecer mais para, quem sabe, ter nova oportunidade de vestir a outra camisa amarela.

– Seleção brasileira é um sonho de todo mundo. Claro que eu penso, mas tem que chamar a atenção, e eu estou tentando dar o meu melhor por aqui, para quem sabe ser chamado de novo.

Seleção brasileira é muito bom – confessou.Mas enquanto não é chamado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Barreto volta todas as atenções para o Criciúma.

Em busca de bons resultados, principalmente o título do returno, o volante revela a união e o fechamento do grupo tricolor até o fim da temporada 2016.- Esse grupo está muito unido, por isso que estamos conseguindo bons resultados.

Tomara que se mantenha assim, e a gente consiga cada vez mais resultados melhores – finalizou.A próxima oportunidade de Barreto vestir a camisa do Criciúma pode ser no domingo, dia 27 de março, quando o Tigre recebe o Figueirense.

A partida, válida pela quinta rodada do returno do Campeonato Catarinense de 2016, está marcada para as 16h, no Heriberto Hülse.Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.

com/sc
.

Fonte: Globo Esporte