A diretoria do Tupi-MG ainda não confirmou a data, mas os próximos treinos da equipe no tradicional Estádio Salles Oliveira, em Santa Terezinha, já contarão com um “novo reforço”: a energia elétrica. O local está sem luz da rede elétrica desde junho de 2013, quando um corte foi feito por funcionários da Cemig, em razão de dívidas do clube com a companhia.Nesta sexta-feira, a presidente do Tupi-MG, Myrian Fortuna, oficializou acordo com a concessionária para que as pendências financeiras do clube, que têm origem na década de 1990, sejam parceladas.

A diretoria do clube, no entanto, não revelou o valor do débito e em quanto tempo a dívida será quitada.Paralelamente, o gramado do Salles Oliveira passa por reformas.

Após passar por trabalhos de adubação, o campo está sendo nivelado. Melhorias também estão sendo feitas nos vestiários.

A expectativa é que o Tupi-MG retorne ao local “em breve”, segundo a assessoria do clube.
.

Fonte: Globo Esporte