O jogo começou com total superioridade do
Corinthians, que pressionou a equipe amazonense por quase todo o
primeiro tempo. Eram três boas chances das paulistas contra uma ameaça
de criação para o Iranduba. Até os últimos minutos, quando Nathane
apareceu para abrir o placar na Arena da Amazônia.

Kelen marcou o
segundo do Iranduba, na volta do intervalo, e Gaby Nunes e Grazi
deixaram tudo igual na partida da segunda fase do Brasileirão Feminino.Com o placar final de 2 a 2, Corinthians e
Iranduba assumem o topo da tabela do Grupo 6, na rodada de estreia da
segunda fase do torneio nacional.

Em campo, o Corinthians foi quem ditou as regras do início da partida. Mas a reação do Iranduba não falhou – apesar da demora e frustração da torcida.

Em reviravolta empolgante, a equipe amazonense abriu o placar aos 43 minutos do primeiro tempo com uma jogada que começou com Kelen, pela ponta direita. Após cruzamento perfeito para dentro da pequena área, Nathane fechou de testa, em cabeceio certeiro.

No intervalo a postura do time de casa mudou totalmente. Ao retomar o campo, com um público superior aos 8 mil pagantes, as meninas do Hulk da Amazônia não demoraram para ampliar o placar.

O segundo veio aos cinco minutos, com Kelen. Em tabelinha bem orquestrada com Mayara, meia finaliza com chute forte e abre precedente para a confiança das donas de casa crescer.

Nessa, o Corinthians dá o troco aos 10 minutos, ao aproveitar uma falha da zaga amazonense. Gaby Nunes deixa todo mundo para trás, fica de cara para o gol, e manda para o fundo das redes, sem dar chances para a goleira Maike.

Iranduba ainda tem grande chance aos 29, com Paulinha, mas gol é desperdiçado e, aos 31, Grazi marca o segundo da equipe paulista para deixar tudo igual na Arena da Amazônia.
.

Fonte: Globo Esporte