Descontrole emocional em uma Copa do Mundo. Mais marketing e gestão de imagem em redes sociais que futebol em campo. Protagonista do 7 a 1.

Chorão. Leva duas canetas de Suárez em uma Champions League.

Se reparar bem, errou até no gol de Guerrero que deu o Mundial de Clubes ao Corinthians em 2012. Falha duas vezes e entrega uma vitória para o Uruguai em casa nas Eliminatórias.

Pergunto: do que mais precisamos para o “impeachment” do zagueiro David Luiz na seleção?
LEIA MAISBRASIL 2 X 2 URUGUAI: AVALIE A ATUAÇÃO DOS 14 JOGADORES DA SELEÇÃO EM CAMPO 
Em um país dividido pela crise política, David Luiz talvez seja um dos poucos nomes consensuais para o povo brasileiro. A imensa maioria deve estar querendo sua aposentadoria como jogador da seleção após mais uma atuação pífia e atrapalhada com a camisa gloriosa do time do Brasil.

Não vou nem apelar aos jogadores dos tempos mais antigos, vou falar como alguém que completa 25 anos em 2016: vi Lúcio, vi Roque Júnior, vi Aldair e até Junior Baiano, vi muitos nomes com a camisa da seleção jogando na defesa, e tenho vergonha quando vejo David Luiz em campo. E ele nunca falha.

Nunca falha com quem o critica, é claro. Porque as falhas na defesa estão sempre lá, prontas a dar razão a cada um de nós.

Insistir em David Luiz é um crime contra a história da seleção brasileira de futebol. Não dá mais para aguentar um jogador sem psicológico, sem noção tática, sem habilidades em sua própria posição, vestindo a camisa mais vitoriosa de todos os tempos.

Como está em moda atualmente: FORA, DAVID LUIZ.

.

Fonte: Torcedores.com