O Santos está otimista sobre a contratação de Marquinhos Gabriel. Entre os dirigentes, mesmo após o Al Nassr, da Arábia Saudita, recusar a primeira proposta, de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 7 milhões) parcelados, o retorno do meia é dado como certo. A camisa 7, inclusive, está guardada para o jogador.

O estafe de Marquinhos Gabriel aposta que o atleta deve ser liberado pela quantia de 3 milhões de dólares (cerca de R$ 11 milhões), mas com pagamento à vista. Há outros times na briga, mas retornar ao Peixe é a prioridade do jogador.

Uma nova proposta será feita nos próximos dias e o Alvinegro pretende enviar um representante para negociar diretamente com o Al Nassr.– A negociação está caminhando bem.

A volta dele é desejo meu, do Dorival (Júnior), do Dagoberto (Santos, superintendente de esportes), de todos no clube. Diria que as chances da negociação dar certo é de 80% – disse o presidente Modesto Roma à Rádio Globo, nesta sexta-feira.

LEIA TAMBÉM: Santos aceita amistoso contra o Barça, mas avisa: “A Vila é o lugar ideal”Marquinhos jogou por empréstimo no Santos em 2015 e se destacou sob o comando do técnico Dorival Júnior. O time da Vila Belmiro tentou sua permanência em definitivo, mas os 4 milhões de dólares pedidos pelos árabes (R$ 16 milhões à época) inviabilizaram a contratação, e o jogador retornou ao Al-Nassr para a disputa da Liga dos Campeões da Ásia, com a promessa de ser liberado no meio do ano.

Agora, o Santos tem o dinheiro para contratar Marquinhos Gabriel. O Peixe recebeu R$ 17 milhões pela venda do atacante Geuvânio e também cogita utilizar parte do adiantamento de receitas de televisão para repatriar o jogador.

Marquinhos Gabriel se tornou titular do Santos em 2015, após lesão muscular de Geuvânio, e caiu nas graças da torcida. O meia fez nove gols em 44 partidas.

*Colaborou sob supervisão de Ivair Vieira Jr
.

Fonte: Globo Esporte