Dinamismo, comunicação e mobilidade: a fórmula do Tupi-MG para enfrentar a URT no domingo. O time de Juiz de Fora precisa vencer o confronto em Patos de Minas para se distanciar da zona de rebaixamento e não deixar escapar o sonho da classificação às semifinais. Para buscar os três pontos, o técnico Ricardo Drubscky explicou aos atletas os três passos que pretende na partida.

– Meu perfil de trabalho é conscientizar o grupo do que estou fazendo em campo. Eu explico o que estou fazendo e o que estou querendo com isso.

Isso porque eu dou treino é para os jogadores, para um grupo e por isso eles têm que estar conscientes do que eu estou fazendo. Eu procuro estar comunicando e trocando ideia com o jogador e a maneira que quero eles jogando é com mobilidade, comunicação e dinamismo.

Estas são as palavras de ordem – explicou.O treinador elogiou a postura do time durante os treinamentos nesta semana.

Na visão de Drubscky, os atletas mostraram vontade de vencer e isso potencializa o elenco. Após o coletivo realizado nessa quinta-feira no Estádio Municipal, o técnico conversou com o capitão Osmar para explicar o que espera do time no jogo.

– Os caras estão com muito apetite e isso para mim é o importante. A conversa com o Osmar foi de entendimento tático, do que fazer em determinada situação, do que podemos melhorar.

O Osmar é uma voz que é ouvida no grupo, e sempre tem alguém que não capta muito bem o que quero passar, então o Osmar consegue passar essas mensagens melhor – garantiu.Tupi-MG viaja para Patos de Minas nesta sexta-feira.

A partida da nona rodada do Campeonato Mineiro está marcada para as 16h de domingo, no Zama Maciel.
.

Fonte: Globo Esporte