A empresa do segmento financeiro está insatisfeita com os rumos da gestão palmeirense e pode apoiar a oposição na próxima eleição presidencial. A relação entre Leila Pereira, esposa de José Roberto Lamachia, dono da Crefisa, não é nada afetuosa.
De acordo com o jornalista, a empresa deve se pronunciar nos próximos dias e quem sabe confirmar o fim da parceria.

Vale lembrar que a relação entre Palmeiras e Crefisa ficou desgastada em 2015, após o clube lançar uma camisa retrô com a marca Parmalat estampada sem o consentimento dos parceiros atuais.
Em janeiro deste ano, Crefisa e FAM (Faculdade das Américas), empresas que têm os mesmos donos, renovaram contrato com o Verdão por R$ 58 milhões – o maior patrocínio do futebol brasileiro.

.

Fonte: Torcedores.com