Marquinhos
Pedroso tem boas lembranças do último clássico no Orlando Scarpelli. O
lateral-esquerdo do Figueirense marcou o gol da classificação da equipe na Copa
do Brasil, na vitória sobre o Avaí por 2 a 0. Aquele, aliás, foi o primeiro gol
do lateral como profissional.

Para o jogo desde domingo, Pedroso espera
novamente por um duelo especial dentro de campo.Pedroso, até aquela partida da Copa do Brasil, ainda não tinha marcado
nenhum gol com a camisa profissional do Figueira.

Além disso, ele era reserva
na lateral, mas foi escalado como titular no meio de campo pelo então técnico
Argel Fucks. E era o dia de Marquinhos Pedroso se consagrar.

Após o 1 a 0 em
gol de Thiago Heleno (ainda faltava mais um para classificar), com assistência
do próprio garoto, o jogador  nem estava na área na hora do cruzamento,
mas a sobra era sua, na perna esquerda, a boa. Tiro para o gol, bola desviada e
festa nas arquibancadas.

 – O
último da Copa do Brasil, quando eu fiz meu primeiro gol como profissional pelo
Figueirense, vai ficar na história. Esse é um jogo difícil, a situação deles
não é boa e estamos numa crescente.

Vamos com seriedade, estamos treinando
muito para essa partida – recordou o jogador.
Para ele, clássico é especial, independente de qualquer momento dos times na
tabela.

Pedroso comenta que a fase ruim do Avaí poderá ser perigosa para o Alvinegro.- Clássico
é uma coisa que diferencia de qualquer tipo de jogo.

Independente da situação
deles, talvez até seja pior, uma vitória no clássico e dentro do Scarpelli,
salvaria o campeonato para eles. E para a gente, uma vitória seria importante,
para continuar a evolução do grupo.

Vai ser um jogo difícil e vamos com tudo,
até porque saímos com derrota no último – falou.O
Figueirense entra em campo diante do Avaí, no domingo, às 16h, no Orlando
Scarpelli, pela sétima rodada do returno.

Confira mais notícias do esporte de Santa Catarina no GloboEsporte.com/sc
.

Fonte: Globo Esporte