Victor, Giovanni, Patric, Erazo,
Douglas Santos, Dátolo, Cazares, Carlos e Clayton. São nove desfalques do
Atlético-MG para o clássico deste domingo contra o Cruzeiro, às 11h (de
Brasília), no Independência. Apesar do alto número de ausências, o atacante
Lucas Pratto, titular incontestável de Diego Aguirre, o elenco tem qualidade
para sair vencedor do jogo decisivo do Campeonato Mineiro.

 

– Tem alguns jogadores que não jogam.
Sabemos que vamos ter um time competitivo, que podemos jogar com qualquer jogo
e estamos tranquilos em relação a isso.

 

Uma das mudanças será no meio. Sem os
dois armadores, Cazares (com a seleção equatoriana) e Dátolo (machucado), a
armação das jogadas ficará a cargo de Robinho e Luan.

Pratto reconhece que a
troca muda o estilo de jogo, mas vê a equipe pronta para jogar bem.

 

 Robinho mostrou o que pode fazer no último jogo.

Não se sente tão cômodo jogando no meio, mas é uma função que ele faz muito bem.- Muda, mas os jogadores que vão
jogar vão obedecer ao que o treinador falar.

Não é da mesma maneira que Dátolo
e Cazares, mas os outros são mais dinâmicos. Robinho mostrou o que pode fazer
no último jogo.

Não se sente tão cômodo jogando no meio, mas é uma função que ele
faz muito bem. Obviamente que Cazares e Dátolo são jogadores que enfiam mais a
bola, mas o time estará bem.

 

Sobre Robinho, o atacante argentino
vê o companheiro perto da forma ideal e destaca a objetividade do camisa 7,
que pode decidir o jogo com uma jogada.

 

– Penso que domingo ele recuperou um
pouco da forma física e que quando ele estiver 100% vai ser mais fácil.

É um
jogador que com um toque dribla dois, te deixa na cara do gol. É um jogador que
joga para cima e tenta sempre fazer gol – completou Lucas Pratto.

.

Fonte: Globo Esporte