01.Nada de renúnciaVica não é mais o treinador do ASA. Na tarde desta sexta-feira, em coletiva realizada no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, o presidente-executivo Bruno Euclides avisou que não renuncia e confirmou a saída do técnico.

Ele deixa o time após uma série de maus resultados no Campeonato Alagoano. Quarta, o Alvinegro foi ainda derrotado pelo Genus/RO, por 2 a 0, pela Copa do Brasil.

O auxiliar Moisés Lima assume o cargo de forma interina.Segundo Euclides, a demissão se dá pelos recentes resultados da equipe.

O ASA acumula uma série de seis jogos sem vitórias entre o estadual e a Copa do Brasil. Atualmente, o Alvinegro ocupa a última colocação do hexagonal, com um ponto.

 – Não tínhamos condições de manter um investimento desse porte sem
resultados, mas tenho um carinho por ele e comecei a admirar o
profissional e a pessoa. Foi uma decisão extremamente difícil.

Me tirou o
sono ontem à noite, mas faço de forma convicta. Estou falando em
nome de todo corpo diretivo.

Julgamos que era a decisão mais acertada a
ser tomada no momento – disse Bruno Euclides.01Nada de renúnciaO presidente do ASA também falou sobre a grave crise financeira que o
clube enfrenta.

Ele confirmou que deve ao elenco, mas avisou que não
vai renunciar.- Difícil passar mensagem para os jogadores num momento desse.

Nunca
fizemos questão de esconder a dificuldade pelo qual estamos passando.
Não posso dar prazo.

Buscando a classificação na Copa do Brasil quitamos
tudo e ainda sobra dinheiro. por mais que esteja atrasado, consigo
enxergar um panorama com um pouco mais de tranquilidade na frente.

O ASA
tem que lutar. Quero deixar claro que não passa pela minha cabeça
pedir renúncia.

O dirigente também traçou o perfil do treinador que a diretoria procura no mercado. Além do estadual, a preocupação da direção é com o Brasileiro da Série C, que começa em maio.

– Tem que ser um perfil de trabalhador e
disciplinador, de preferência que conheça o futebol nordestino e a Serie
C. Temos um Brasileirão dificílimo.

Estamos diante de uma situação do
ponto financeiro difícil, e não vou esconder que a minha preferência
é que (o próximo treinador) chegue em Arapiraca para comandar o time contra o Coruripe. Sabemos que
não terá muito tempo para fazer muita coisa, mas que dê uma
chacoalhada no elenco – emendou.

Euclides também descartou a contratação de reforços nas próximas semanas. – Ainda não, mas vai acontecer (a conversa com o elenco).

A gente vai
conversar com o pessoal ainda hoje. Não tem como contratar mais ninguém
para esse campeonato.

Não estávamos tendo retorno, e estava sendo uma
bola de neve para a gente no futuro.Com Vica, também deixam o ASA o assistente técnico Gringo e o preparador físico Serginho Brasília.

O Alvinegro volta a jogar pelo estadual na próxima quarta-feira, contra o Coruripe, em Arapiraca.
.

Fonte: Globo Esporte