Após o Trem Desportivo Clube ter recebido, de supetão, a vaga para a Série D do Brasileirão, a presidente da Locomotiva, Socorro Marinho, busca patrocínios para colocar dinheiro em caixa e montar o elenco para disputar a 4ª divisão do campeonato nacional.O campeonato tem em média quatro meses de duração. Segundo a mandatária, o clube terá que ter nos cofres, no mínimo, R$ 300 mil para montar e custear as despesas do elenco para não repetir os passos feitos em 2011, quando houve a última participação da equipe na competição.

 – Estipulamos R$ 300 mil, pois temos a base do sub-20, mas para contratarmos jogadores de outros estados, teremos que pagar passagens, hospedagem e alimentação e isso tem um custo. Na última vez que participamos foi muito difícil, pois tivemos que arcar com todas as dispersas.

Nós tivemos que ir de barco para jogar em Santarém e isso foi mal visto pela mídia nacional. Precisamos estar bem estruturados para participar da Série D – explicou Socorro Marinho.

Mesmo sem o elenco apresentado, alguns jogadores profissionais, que já foram contratados pelo Trem, iniciaram a pré-temporada junto com o time sub-20 da Locomotiva, a exemplo do atacante Diego Ratinho. De acordo com a presidente, a expectativa é que os treinamentos do time principal iniciem após a divulgação da tabela da Série D.

.

Fonte: Globo Esporte