Não é um conceito de Roger Machado utilizar o rodízio. Mas, na prática, o técnico do Grêmio tem sido, em sua maioria das vezes, forçado a movimentar o elenco e trocar as escalações. Segundo o próprio comandante, isso deve acontecer outra vez no domingo, contra o Juventude, na Arena.

A possibilidade, entre retornos e poupados, pode ser de seis mudanças na equipe que começará a partida. LEIA MAIS > Goleiro Douglas faz primeiro treino no Grêmio> Bons jogos viram motivação: “Ainda é pouco”> Grêmio sonda atacante Negueba, do CoritibaO treino desta sexta-feira pouca definição deve produzir, já que os atletas que atuaram na goleada sobre o Passo Fundo, na quarta, ainda devem permanecer fora, em recuperação física.

Por outro lado, em campo, Roger terá as presenças de Douglas, Giuliano, Luan e Marcelo Oliveira. Outrora titular absoluto, o quarteto não teve sua falta sentida praticamente, pela efetividade de quem entrou.

– Vamos ver como a gente mescla esse time e ver como vai no domingo. Por isso a força máxima e a grande atuação foram importantes, para ganhar confiança nos próximos jogos – comentou Roger após a vitória por 5 a 1 do Tricolor.

 Douglas, Giuliano e Luan foram os que mais sentiram a “sombra” dos reservas. Os suplentes – Lincoln, Pedro Rocha e Luan – empilharam gols e em sequência.

Na esquerda, Marcelo Oliveira deve retornar naturalmente, para não perder ritmo de jogo, com a saída do xará Hermes. No setor ofensivo, Roger tem mais possibilidades.

Luan pode atuar aberto por um dos lados ou como centroavante. Se jogar aberto, Pedro Rocha volta para o banco apesar da boa fase.

Já Giuliano entra na vaga ocupada por Fernandinho na última partida. E Douglas substituiria Lincoln, que fez três partidas consecutivas jogando os 90 minutos.

No entanto, há outras opções. O jovem de 17 anos poderia permanecer na equipe, com Luan sendo o jogador mais adiantado da equipe.

Os jogadores ainda passarão suas condições físicas a Roger e seus pares de comissão. – É repassado para a comissão se tem algum jogador com dor.

Com algum incômodo que pode afetar rendimento e aí a decisão quem toma é a comissão. Mas como cada jogador sente seu corpo, é ele que passa o feedback – explica Roger.

 Outras duas possíveis mudanças são do meio para trás. Roger já aproveitou a suspensão de Marcelo Oliveira para testar Marcelo Hermes na lateral esquerda, que terá que jogar em Quito por conta da punição ao titular também por três cartões amarelos.

Agora, como já tem a primeira colocação garantida, pode também testar Edinho ao lado de Walace desde o início da partida – a entrada do veterano na vaga de Maicon ocorreu durante os últimos dois jogos. Mais um que deve ficar fora é Pedro Geromel.

O zagueiro está pendurado com dois cartões amarelos. Se tomar mais um, será desfalque nas quartas de final.

Ficando fora, entra zerado na fase decisiva.O técnico Roger Machado comanda o treino na tarde desta sexta e mais um trabalho na manhã de sábado.

Everton, com inflamação no púbis, segue como ausência. Confira todas as notícias do esporte gaúcho em www.

globoesporte.com/rs
.

Fonte: Globo Esporte