As mais de duas horas de voo entre Assunção e São Paulo não serviram
de descanso para o técnico Dunga, que usou o tempo para analisar o empate por 2
a 2 da seleção brasileira com o Paraguai, nesta terça-feira, e planejar os
próximos passos de um time pressionado nas Eliminatórias para a Copa do Mundo
de 2018.Visivelmente cansado, Dunga desembarcou no Aeroporto de
Cumbica, em Guarulhos, por volta das 6h desta quarta-feira (com chegada prevista para 4h25, o voo atrasou cerca de uma hora e meia), ao lado de todo o
elenco da Seleção. Escoltado por dois seguranças, teve recepção até certo ponto
calorosa: tirou fotos com uma dezena de torcedores e ganhou palavras de apoio.

Depois, falou sobre suas avaliações durante o trajeto.– Você não consegue dormir, fica pensando em tudo o que
aconteceu no jogo.

Conversei o tempo todo com minha comissão técnica. Só agora,
em casa, vou tentar descansar – afirmou o técnico.

Dunga também lamentou o longo intervalo até os próximos
jogos das Eliminatórias – o Brasil enfrenta o Equador, fora de casa, e a
Colômbia, em casa, no início de setembro.– Se tivéssemos uma sequência de jogos, o crescimento da
equipe seria outro.

Ficamos 128 dias sem jogar, se a continuidade existisse,
nosso aproveitamento teria sido bem melhor. Agora teremos de esperar um longo
tempo novamente – destacou o comandante.

Todos os jogadores desembarcaram em São Paulo e vão seguir
para seus clubes. Nomes como Ricardo Oliveira, Hulk e Douglas Costa passaram
rapidamente pelo saguão do aeroporto.

Um dos poucos a ensaiar um discurso foi
Willian, que aprovou a postura da Seleção no empate com o Paraguai.– Sofremos no primeiro tempo, mas no segundo o time jogou
muito melhor e teve personalidade para reagir com 2 a 0 contra, tocar a bola e
ir para cima.

Temos de continuar com esse espírito – elogiou o meia do Chelsea.Com nove pontos em seis jogos, o Brasil terminou a rodada na
sexta posição das Eliminatórias.

Antes dos próximos confrontos pelo torneio, a
Seleção tem a disputa da Copa América, em junho, nos Estados Unidos.
.

Fonte: Globo Esporte