A CBF publicou em seu site oficial o registro do encontro de Luis Suárez com seus dois amigos da seleção brasileira. Depois do empate do Brasil com o Uruguai por 2 a 2, na Arena Pernambuco, o atacante fez questão de ir até a porta do vestiário da Seleção para conversar com Philippe Coutinho, seu ex-companheiro no Liverpool. Com a camisa trocada com Neymar na mão, foi até a sala do exame antidoping, onde se despediu também do colega de Barcelona.

Autor do gol de empate, o atacante se tornou o quinto jogador a fazer gol em todas as nove seleções da Conmebol. O primeiro a conseguir foi Zico, em 1981.

Seguiram o colombiano Iguarán, em 1991, o equatoriano Agustín Delgado, em 2004, e o argentino Messi, em 2015.Suárez conseguiu vazar todas as nove seleções em jogos das eliminatórias sul-americanas.

Da lista dos cinco, só Iguarán também fez. De quebra, chegou a 17 gols na história do torneio classificatório e ficou a dois de superar o argentino Crespo na artilharia de todos os tempos.

Está empatado com Zamorano e a um de Salas, ambos do Chile. Sua próxima oportunidade de aumentar a conta é na terça-feira que vem, contra o Peru, no Estádio Centenário, em Montevidéu (assista abaixo aos gols do empate com o Brasil).

 
.

Fonte: Globo Esporte