O técnico Claudio Tencati comemorou vários fatores na
goleada do Londrina sobre o Parauapebas, por 6 a 0, pelo jogo de volta da
primeira fase da Copa do Brasil (veja os gols no vídeo acima). Além da classificação para a próxima fase, o
treinador destacou a força do elenco e também vê que o resultado dá uma
confiança maior para a equipe enfrentar o Atlético-PR, no domingo, pelas
quartas de final do Campeonato Paranaense.Sobre o jogo com o Parauapebas, Tencati optou por escalar um
time misto, poupando sete titulares.

Assim, ele pode analisar vários jogadores
que não vinham atuando, como é o caso do atacante Keirrison, que fez o seu
primeiro jogo como titular e marcou o seu primeiro gol com a camisa
alviceleste. Outros jogadores que ganharam uma oportunidade foram o zagueiro
Matheus, principal opção para ficar com a vaga de Silvio, suspenso, o meia
Netinho, que voltou a ser titular após sofrer uma contusão, e Júlio Pacato, que
atuou como volante e vai ganhando espaço na equipe.

Para o técnico, o Londrina teve uma boa atuação nos dois
tempos e revelou que pediu para que o time diminuísse o ritmo após abrir 4 a 0,
até para evitar um desgaste maior dos titulares que estava em campo. Mesmo
assim, o Tubarão marcou mais dois, ambos com Itamar, estreante da noite, e
fechou o placar com um elástico 6 a 0.

– Gostei dos dois tempos. O primeiro construiu para o
segundo e deu sequência, por conta da movimentação, da troca de passe, da
qualidade da equipe.

No vestiário até falei para chegar num 4 a 0 e pedi para o
Paulinho, para o Bidía que freassem. Eu dei a ordem, pedi para tocar curto,
fazer a bola andar que o gol iria acontecer por consequência, sem pressa.

Foi o
que eles fizeram e apareceu espaço na direita, na esquerda, no meio, em função
disso. Foi com paciência e tranquilidade – analisou.

Leia também: Após mais de um ano, Keirrison volta a marcarTencati destacou que a goleada serve para dar moral e
aumentar a confiança da equipe para enfrentar o Atlético-PR, domingo, em
Curitiba. Após empatarem por 1 a 1 no jogo de ida, os times disputam na Arena
da Baixada uma vaga para as semifinais do estadual.

Pensando nisso, o treinado
decidiu poupar os jogadores contra o Parauapebas, mas fez questão de que todos
estivessem no banco de reservas para manter todo o elenco focado.– A goleada dá moral, confiança, a autoestima aumenta.

Por
tudo que representa o jogo lá, você precisa ter isso, o atleta precisa ter
isso. Todos estavam no banco de reservas para manter a equipe numa sintonia.

Eles fizeram parte da construção dessa vitória, sentiram a emoção de vencer e
golear. Isso cria um clima, mantém uma equipe focada, unida para o jogo de
domingo.

A autoestima e a motivação ficam fortes.Classificado na Copa do Brasil, o Londrina aguarda o
vencedor do confronto de Campinense e Cruzeiro.

Os times estreiam na competição
no dia 20 de abril. No Campeonato Paranaense, o Tubarão encara o Atlético-PR no
domingo, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba.

Quem vencer
avança às semifinais da competição. Em caso de empate, a vaga será decidida nos
pênaltis.

Leia mais notícias do esporte paranaense no globoesporte.com/parana
.

Fonte: Globo Esporte