Khalid El Bakraoui, que se explodiu dentro de uma estação de metrô na Bélgica, foi um dos terroristas responsáveis pelo ataques da última semana em Bruxelas. De acordo com a Sky Sports, ele teria utilizado a identidade de um ex-jogador da Inter de Milão (ITA), Ibrahim Maaroufie, para escapar das verificações de segurança entre a capital belga e Paris.
Rodrigo Caetano admite que o Flamengo deve se reforçar para o Brasileiro: ‘duas ou três peças’ Jornalista afirma: ‘Há uma pressão enorme para demissão de Alexandre Mattos no Palmeiras’ Opinião: A cobrança deve mesmo ser maior no Palmeiras Mauro Cezar Pereira cita rebaixamento e responde torcedor do Vasco que criticou Tite Cuca e Marcio Araújo roubam a cena com declarações que deram o que falar Narrador Luis Roberto conta momento marcante de sua carreira e melhor ataque que viu Site lista atletas de Fla e Flu entre 9 “talentos secretos” da América do Sul Muricy afirma que treinar o Flamengo é realmente diferente e confia em títulos

El Bakraoui teria utilizado o passaporte do atleta por mais de uma vez.

Tanto em uma viagem para Atenas, como para alugar um apartamento em Charleroi, na Bélgica.
O terrorista também pode estar envolvido nos atentados ocorridos na capital francesa.

Segundo a emissora Sky Sports, a polícia investiga se ele teria usado a identidade do jogador Ibrahim Maaroufie para alugar um apartamento em Paris, antes dos ataques na França.
Ibrahim Maaroufi iniciou a carreira profissional na Inter de Milão e teve ainda passagens pelo futebol holandês, suíço e inglês.

O jogador, de 27 anos, joga atualmente no Paganese, em uma liga inferior na Itália.

Veja também:
14 opções de zagueiros para seu time se reforçar em 2016.

Veja brasileiros que atuam na Europa e poderiam ser repatriados. 11 opções de volantes para seu time se reforçar em 2016.

Foto: Divulgação
Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: 

.

Fonte: Torcedores.com