Escalado pela primeira vez como titular do Chelsea, Pato aproveitou a chance para mostrar serviço diante do Swansea City, fora de casa, neste sábado. Chegou a balançar a rede, só que o lance foi anulado por dominar a bola com o braço. Quase fez gol de letra, perdeu outras duas boas chances para marcar, mas acabou passando em branco e foi substituído aos 19 minutos do segundo tempo.

Do banco de reservas, viu o defensor do título sair derrotado no Campeonato Inglês, na 33ª rodada. Sigurdsson fez o gol do 1 a 0 para os anfitriões, aos 25 minutos de jogo, em belo chute de primeira na entrada da área.

A décima derrota no Inglês, a primeira sob o comando de Guus Hiddink, desde a saída de José Mourinho, em dezembro, manteve o Chelsea no meio da classificação. Com 44 pontos, está em décimo lugar, com um jogo a menos do que a maioria das 20 equipes.

Só que isso não deve fazer muita diferença, pois a zona de classificação para as competições europeias permanece muito acima. O último que garante a vaga na Liga Europa atualmente é o Manchester United, em quinto, somando 53.

Com 40, o Swansea ocupa a 13ª colocação.Sem muitas ambições no restante da temporada e com um novo técnico a caminho – o italiano Antonio Conte assume depois de comandar a Eurocopa com a seleção de seu país -, o Chelsea entrou em campo com vários desfalques.

Não jogaram, o centroavante sergipano naturalizado espanhol Diego Costa, suspenso, além dos zagueiros Terry, Cahill, Zouma, o volante Matic, o meia Hazard e o atacante Rémy, todos machucados. O holandês Guus Hiddink aproveitou para dar moral a Pato, autor de um dos gols na vitória por 4 a 0, no sábado passado, diante do Aston Villa.

> Corinthians diz aguardar Chelsea, mas admite retorno de Pato em julhoEmprestado até o meio do ano pelo Corinthians, o atacante brasileiro tratou de se movimentar muito para voltar a marcar. Só que perdeu duas chances claras no primeiro tempo.

Aos 22 minutos, completou de canela cruzamento de Oscar. Logo depois, aos 23, viu o Swansea abrir o placar.

Nos acréscimos, desperdiçou outra boa chance. Aos 47, voltou a receber bom passe do compatriota, só que, pressionado pela marcação dupla, chutou muito mal.

> Jornal: Conte quer manter Diego Costa, mas descarta Pato no ChelseaNo segundo tempo, aos sete, Pato chegou a fazer gol, mas o árbitro anulou por causa de toque do braço na bola. O brasileiro recebeu bom passe de Fàbregas por cima da defesa, dominou e tocou por baixo na saída de Fabianski.

O auxiliar viu a irregularidade e ajudou a invalidar. Aos 17, o atacante voltou a chegar perto de comemorar, completando de letra cruzamento de Rahman e mandando perto da trave.

Logo depois, foi substituído e nada mais pôde fazer para evitar a derrota.
.

Fonte: Globo Esporte