Quando a torcida deixou a Arena Castelão após o segundo Clássico-Rei da temporada, a alvinegra Karine Costa, de 20 anos, chamou o mascote do Fortaleza, Juba, para uma foto. O registro, compartilhado nas redes sociais, acabou virando um símbolo de paz do clássico. Em tempos em que episódios de violência e vandalismo assolam o maior duelo do esporte cearense, uma selfie abriu as portas para a paz no Clássico-Rei.

 >>> Clássico-Rei tem tumulto no Castelão e policiais feridos em conflito de torcidasSem a fantasia, Juba é Joaquim Neto, fisioterapeuta de 27 anos. O tricolor conta que, quando ouviu o chamado da torcedora alvinegra, duvidou da seriedade do pedido por uma foto.

– Uma torcedora do Ceará me chamando para uma foto? Achei que poderia ser brincadeira, que ela fosse zoar comigo. Mas a foto era séria e a repercussão foi muito boa – afirmou Joaquim.

Karine avistou de longe o mascote do Fortaleza. Esperou que todos os torcedores deixassem as arquibancadas e o chamou para uma selfie.

 – Repercutiu muito bem. Muitas pessoas me adicionaram nas redes sociais, comentaram a foto, elogiaram a atitude.

Claro que teve gente que criticou, mas foi uma parcela mínima. A maioria dos comentários foi de elogios – explicou Karine.

>>> Confira a tabela do NordestãoPedido de pazO Castelão já foi palco de dois Clássicos-Rei na temporada. Uma vitória do Fortaleza e um empate, até aqui.

Com Copa do Nordeste e Campeonato Cearense ainda em andamento, há a possibilidade de até outros quatro confrontos entre Ceará e Fortaleza na temporada. Para os jogos que podem ocorrer, a dupla reforça o discurso de paz entre as torcidas.

– Eu já tive medo de ir ao Clássico-Rei. Mas futebol é paz, é diversão, é alegria.

Nossas crianças precisam conhecer essa magia do futebol – pontuou Karine.- Você vê uma criança chamando para tirar uma foto.

Isso é muito bonito. Receber o carinho das pessoas é muito bom – observou Joaquim.

Os próximos compromissos de Ceará e Fortaleza serão pela Copa do Nordeste. O Vovô recebe o Santa Cruz no próprio Castelão, no domingo, às 16 horas.

O Fortaleza vai até a Fonte Nova enfrentar o Bahia, nos mesmos dia e horário. Se avançarem de fase, haverá Clássico-Rei nas semifinais do Nordestão.

.

Fonte: Globo Esporte