Uma derrota de virada dói. O lateral-esquerdo Filipe Luís não ficou quieto com o incômodo pelo 2 a 1 sofrido pelo Atlético de Madrid diante do Barcelona e fez duras críticas à arbitragem do jogo de ida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, nesta terça-feira, no Camp Nou. A principal reclamação foi em relação à expulsão do atacante Fernando Torres.

Sobrou para a Uefa, com acusações de favorecimento ao atual defensor do título europeu.- Começamos bem, até essa expulsão injusta que condicionou o resultado do jogo.

Acho que o Barcelona está sendo protegido. Nós sempre somos punidos com mais rigor, isso dói bastante.

Dá para perceber que existe um certo medo de ver esse clube eliminado, porque prejudica a Uefa – disse o lateral ao canal de televisão espanhol “Mega” (assista aos melhores momentos da partida no vídeo abaixo). Fernando Torres foi expulso logo aos 36 minutos de jogo, ao levar dois cartões amarelos por faltas em Neymar e Sergio Busquets (assista no vídeo abaixo ao lance da expulsão).

– Dois cartões amarelos acabaram com o trabalho de uma semana inteira. É complicado nadar contra a corrente.

 Expulso na derrota pelo mesmo placar para o Barça em
janeiro passado, pelo Campeonato Espanhol, por entrar de sola em Messi, e vítima de uma das trombadas do uruguaio Luis Suárez, o lateral disse que o uruguaio deveria ter sido punido com o cartão vermelho também.- Eu fui expulso e crucificado de forma injusta por ter dado uma pancada em Messi.

Mas eles, o que precisam fazer para serem expulsos? – desabafou (assista no vídeo abaixo ao tapa que Filipe Luís tomou de Suárez) Mais tarde, em entrevista à rádio espanhola “Onda Cero”, reconheceu que ficou nervoso com a derrota, amenizou um pouco o discurso, mas deixou exposta a dor que sentiu pela virada.- Já tive tempo de refrescar as ideias.

Falei com a cabeça quente, mas continuo achando que dói muito perder dessa forma. Todas as equipes não estão sendo tratadas da mesma maneira.

.

Fonte: Globo Esporte