Para Strootman, a morte de Cruyff significa a perda do de uma lenda: “Hoje perdemos o melhor holandês de todos os tempos e também o melhor técnico. Ele significa muito para nós”, disse.
“Infelizmente ele não foi capaz de vencer sua doença, morrendo muito cedo, aos 68 anos”, continuou o atleta, que revelou ter encontrado o ídolo apenas uma vez.

“Encontrei com ele apenas uma vez, e lhe pedi uma foto, porque para mim ele é o melhor jogador de todos os tempos, assim como também é para muitas outras pessoas”, afirmou.
Francesco Totti também lamentou a morte de Cruyff.

“Hoje é um dia triste para o mundo do futebol. Ele adicionou glamour ao esporte, com sua técnica e criatividade.

Ele deliciou os fãs, tanto no gramado quanto no banco de reservas”, afirmou il Capitano.
“Teria sido uma honra enfrentá-lo.

Assistir aos vídeos de suas partidas e ouvir o que outros ícones do futebol têm a dizer mostra que ele foi o melhor durante toda a carreira. Foi um astro apto a unir elegância com extraordinária técnica e preparo mental”, finalizou.

O técnico da equipe romanista, Luciano Spalletti, elencou alguns ensinamentos do técnico Cruyff. “Lembro uma de suas frases: ‘Qualquer um pode jogar futebol se você der a essa pessoa um espaço de 5 metros’.

Isso te dá noção de marcação – achar espaços mesmo em áreas apertadas e movimentar a bola”.
Como jogador, Spalletti acredita que Cruyff estava muito a frente dos demais.

“Você só precisa perceber a rapidez e a qualidade com que ele fazia as coisas. Isso o colocou anos a frente dos outros jogadores e a partir desse momento começou a chamar a atenção por sua habilidade”.

“Ele nos ensinou muito e devemos ser gratos a ele para o resto de nossas vidas”, concluiu o técnico.

.

Fonte: Torcedores.com