O São Paulo abdicou de alguns titulares para enfrentar o São Bento, neste domingo, porque tem como prioridade a partida de quarta-feira contra o River Plate, pela Taça Libertadores. Mas uma vitória em Sorocaba, na última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, aliada a um tropeço do Audax, pode garantir ao clube tricolor o mando de campo nas quartas de final, disputada em jogo único.Isso não é pouco, levando-se em conta que a equipe treinada por Edgardo Bauza ainda não venceu como visitante em jogos oficiais nesta temporada.

Foram duas derrotas (para Corinthians e Ponte Preta) e sete empates por 1 a 1 (com RB Brasil, César Vallejo, River Plate, Trujillanos, Ituano, Santos e Linense).Para piorar, um eventual empate com o Audax nas quartas levaria o jogo à disputa de pênaltis.

E esse é outro ponto fraco do São Paulo. Em 2016, foram oito cobranças, seis erradas – o rebote foi aproveitado em apenas uma delas.

LEIA TAMBÉM: Bauza treina com Lugano e Centurión entre os titulares do São PauloFindar o jejum como visitante já contra o São Bento, neste domingo, não será suficiente para abrir o mata-mata estadual no Morumbi. Também será preciso torcer para que o Audax não vença o Santos, na Vila Belmiro.

No Grupo C, o time de Osasco leva vantagem sobre o Tricolor na pontuação (24 contra 22), no número de vitórias (sete contra seis) e no saldo de gols (cinco contra quatro).VEJA A TABELA DO PAULISTÃO– Nosso time avançou em relação ao que estava mostrando.

É difícil jogar fora. Os times se preparam bem.

Agora, é um desafio importante para avançar e mostrar que a gente pode também ganhar fora de casa – analisou o lateral-esquerdo Mena, uma das exceções na lista de jogadores poupados.E MAIS: Mena espera ajuda do Santos e cobra: “São Paulo tem de passar em primeiro”No último treino aberto para a imprensa no CT da Barra Funda, na sexta-feira, Bauza definiu a escalação com Denis; Caramelo, Lugano, Maicon e Mena; Thiago Mendes e Wesley; Centurión, Daniel e Lucas Fernandes; Alan Kardec.

.

Fonte: Globo Esporte