Na reta final do Campeonato
Paraense, Independente e São Francisco fazem partida decisiva no Navegantão. A
bola rola a partir das 16h, em jogo válido pela quinta rodada da Taça Estado do
Pará. Para garantir vaga na semifinal, o Galo precisa vencer o São Francisco e
torcer para o Paragominas perder para o Cametá.

Liderando o grupo, o Leão de
Santarém depende só de si para continuar na competição. Além de uma vaga na
semifinal do campeonato, os dois clubes estão na disputa pelas vagas paraenses
na quarta divisão do Paraense.

O técnico Lecheva teve dor de
cabeça para montar o time que vai entrar na partida, tudo isso por que o
comandante do Galo terá sete desfalques para o jogo. Angelo e Rubran foram
expulsos na quarta rodada contra o Cametá, Jaquinha recebeu o terceiro amarelo
e cumpre suspensão.

Cristovão foi punido por agressão à arbitro. Billy e Ivson
também ficam fora da partida por lesão.

Por outro lado, o setor defensivo do
São Francisco terá que trabalhar bastante se quiser parar o grande Monga, uma
das referências do time.Já o técnico Walter Lima não teve
problemas para definir o time que vai começar na partida.

A delegação azulina
deixou Santarém na manhã de sábado com 19 jogadores, sendo que, Perema e
Balotelli cumprem suspensão e não viajaram com o elenco. Um grupo de torcedores
também seguiu de ônibus para Tucuruí para apoiar o Leão de Santarém fora de
casa.

Na arbitragem do jogo, Benedito
Pinto da Silva será o dono do apito, auxiliado por Heronildo Sebastião da Silva
e Jhonathan Leone Lopes. Independente: Angelo, Rubran,
Jaquinha, Cristovão, Billy e Ivson estão fora da partida.

São Francisco: Zagueiro Perema
recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Tapajós e vai desfalcar o Leão.
Atacante Balotelli foi expulso na partida contra o São Raimundo e também não
joga.

Independente: Alencar Baú,
Leandrinho, Dudu, Ezequias e Cabecinha. Balú, Alexandre, Fabricio e Jayme.

Chaveirinho e Monga.São Francisco: Paulo Rafael, Andrey, Carlinhos Rocha, Douglas e Andrelino.

Rodrigo Santarém, Juninho, Samuel e Guilherme Neves. Elielton e Ricardinho.

.

Fonte: Globo Esporte