Além dos três pontos em disputa, o confronto entre URT e Tupi-MG neste domingo, às 16h, em Patos de Minas, terá um duelo particular. Ex-companheiros de time, o goleiro da URT, Follmann, e o atacante do Tupi-MG, Michel Henrique, serão adversários diretos na 9ª rodada do Mineiro.Quando a bola rolar, a camaradagem será deixada de lado.

Sabedor das qualidades de Michel desde a época do Juventude, em 2011, quando atuaram juntos, Follmann terá que impedir o atacante de balançar as redes. Para isso, também passa as dicas para os defensores.

– Conheço o Michel Henrique, jogamos juntos no Juventude. É um centroavante muito forte, que finaliza e cabeceia muito bem.

Ano passado foi o artilheiro do Gauchão. Temos que ter muito cuidado, pois é um grande jogador, além de ser um grande amigo meu.

Dentro de campo espero que ele não faça gols. Temos que ter um cuidado especial – alertou.

Michel iniciou a carreira nas
categorias de base do Coritiba. Depois, defendeu outras equipes do Sul do país, como
Juventude, Concórdia e Passo Fundo – clube em que se destacou, marcando
11 gols em 15 partidas.

Pelo Tupi-MG, o atacante ganhou a confiança do técnico e é titular desde que Ricardo Drubscky assumiu a equipe. O gaúcho revela que torce para Follmann, mas que no domingo pretende balançar a rede do companheiro.

– Ele é um ser humano maravilhoso, trabalhamos dois anos
juntos no Juventude, felizmente ele teve um êxito e foi para o Grêmio. Eu torço
muito para a carreira dele, mas no domingo eu sou Tupi e ele vai ser URT, e cada
um vai defender o seu pão.

Quero sair com resultado e com gol – garantiu.O goleiro Follmann é um dos destaques na equipe da URT nesta temporada.

Com boas atuações, ele vem colaborando com os bons números defensivos do time de Patos de Minas no Estadual. A URT tem a 3ª melhor defesa, com 6 gols sofridos, atrás apenas de Cruzeiro e Atlético-MG, que sofreram quatro gols.

Para não ser vazado diante do Tupi-MG, Follmann conta com sua defesa e diz que o grupo está focado para conseguir a vitória.– Acho que todo o grupo tem mérito por esses números.

A gente se cobra muito para ter atenção. Dar mérito só para mim seria injusto.

O grupo está unido, muito forte, e o bom é que estamos com um pensamento só: G-4 – comentou.O Tupi-MG marcou apenas seis vezes no Campeonato Mineiro e amarga o pior ataque junto com URT e Uberlândia.

O atacante Michel marcou duas vezes na temporada, mas espera aumentar estes números no domingo, no Zama Maciel.

– Infelizmente não estamos conseguindo colocar a bola na
rede, mas a gente está criando e neste ponto não estamos deixando a desejar.

Temos
que ter um pouco mais de paciência e estamos cobrando internamente para que os
gols saiam. No domingo vai ser uma competição legal, Follmann conhece meu jeito de
jogar e eu conheço o dele.

Faz tempo que a gente não se fala, torço para ele no
decorrer do campeonato, mas espero que contra ele os gols saiam –

finalizou.
.

Fonte: Globo Esporte