por

Dayvidson Soares

Publicado às

17:00 de
25/03/16

100 leituras

“Estou numa expectativa boa, por poder ter a chance de jogar em outro pais e aprender uma nova cultura de futebol. Espero poder ajudar o 2 de Mayo nesta temporada, que possamos conquistar nossos objetivos”, destacou o jogador.
O atleta joga de primeiro volante, mas sabe atuar como também com mais ofensividade, chegando ao ataque como surpresa.

“Na Hungria, eu jogava como volante de marcação, mas também quando precisava sabia sair para o jogo. Em algumas partidas cheguei a atuar como meia”, contou.

Pablo Nikisson deixou o Brasil com 18 anos para realizar o sonho de jogar no futebol europeu. Foi na Hungria onde ele se tornou jogador profissional, no VAC.

No país ele jogou em outros 3 times sendo o último o Kaposvári FC.  No Brasil, o volante atuou nas categorias de base do Sete de Setembro-MS, Tanabi-SP e América-SP.

.

Fonte: Torcedores.com