por Camila Silva

Mudar completamente a cor dos cabelos é uma atitude mais delicada do que parece. Para fazer isso com sucesso, você deve  considerar o seu tom de pele e os cuidados em seu cabelo. A primeira coisa a lembrar é que o sucesso de qualquer tipo de coloração dependerá em grande parte do tipo de rotina que você estabelece com seu cabelo. Fios desidratados ou quebradiços se mostrarão mais porosos. Neste caso, o perigo é que os pigmentos possam aderir de forma irregular ou que as pontas fiquem ainda mais abertas ou áspera. A solução? Alternar corte e coloração e prevenir danos com cuidados regulares em casa.

1. Ao clarear o tom do cabelo, você estará adicionando volume e textura ao fios.
2. As cores claras, em alguns casos, deixarão a textura da pele mais suave, fazendo parecer mais jovem.
3. Os resultados também vão depender da estação: no verão, os raios do sol contribuem para clarear o cabelo naturalmente, o que pode distorcer os resultados obtidos no salão.
4. É importante alternar corte e tintura para que o cabelo permaneça saudável.
5. As mechas não são capazes de cobrir os cabelos grisalhos. Se eles são poucos e estão em áreas localizadas, você pode atenuar o visual. Mas quando a quantidade aumenta, o ideal é optar por uma tintura.
6. Os olhos verdes harmonizam bem com tons marrons em peles quentes ou com loiro cinza em peles frias.
7. Com os olhos azuis, a cor preta é perfeita para as peles frias e os tons de caramelo, para as peles quentes.
8. Os olhos castanhos se realçam com os louros cinza ou platinado nas peles frias, e mogno ou marrom nas peles quentes.
9. Ao alterar o tom da cor de cabelo, os tons das peças de roupa que mais se adequam também mudam.
10. O cabelo mais bonito é o saudável. Cortar regularmente, não abusar das fontes de calor e escolher os produtos que melhor se adequam à sua estrutura são as três atitudes fundamentais para preservar a sua beleza.

Fonte: Bolsa de Mulher