Quando você abre seu WhatsApp e vê dezenas de notificações, pode ter certeza: elas vêm do grupo da família. E dentre todas essas mensagens, alguns tipos são figura carimbada. Identifique 11 tipos de pessoas que todo grupo tem – e veja qual delas você é.

O educado: nunca deixa de desejar aquele “bom dia”, “boa tarde” ou “boa noite” para a família toda, todos os dias.

O correntista: não pode ver uma história de milagre, doença, morte trágica ou feito extraordinário, que precisa repassar para as 20 pessoas do grupo da família – afinal, quem não repassar vai ter alguns anos de azar.

O espiritual: sempre deseja que todos tenham um dia abençoado, não cansa de repassar fotos de anjinhos e mensagens religiosas. Você identifica fácil, pois todos os recados terminam com o emoji com as mãos em oração.

O meteorologista: previsão do tempo é com ele mesmo. O lado bom é que você pode dar aquela olhadinha no grupo da família antes de sair de casa para saber se leva um guarda-chuva ou não.

O fantasma: nunca se manifesta, não fala nada, mas está sempre lá, só observando a troca de mensagens.

O cineasta: sabe aqueles vídeos e imagens que você nunca faz download (ou que lotam seu cartão de memória)? Pode apostar que foram enviados pelo cineasta da família, aquele que não pode ver um filminho no celular sem compartilhar com todos.

O informado: ele sempre dá o furo das notícias no grupo da família. Sabe das últimas novidades e entende tudo de política. O problema é que não dá para confiar na veracidade de todas as informações, pois é alvo fácil de boatos.

O assustado: geralmente as mensagens desse membro da família começam com “não caia nesse golpe” ou “cuidado, vocês não vão acreditar nisso”. Ele está sempre tentando prevenir a família de ciladas e acredita em todos os rumores que circulam na internet.

O motivacional: é o terapeuta da família. Ao acordar, você pode apostar que vai ver uma foto de um cachorro bem bonitinho com uma mensagem de positividade.

O piadista: sabe aquela piada que você viu no Orkut há 10 anos? Você poderá relembrá-la no grupo da família, graças ao humorista do grupo.

O sem-noção: as piadinhas, fotos, vídeos e brincadeiras mais “picantes” sempre ficam por conta dele. O resultado é aquele silêncio constrangedor seguido pela bronca das tias.

5 recursos escondido do aplicativo que você não conhecia

Fonte: Bolsa de Mulher