por Camila Silva

Quando não é cozida e servida como salada, em casa, o que normalmente todo mundo faz com a couve-flor é fritá-la depois de empanada. Tudo bem que o preparo que alia farinha com ovo e óleo é de seduzir até as crianças, o problema é que, além de muita calórica, ninguém aguenta comer couve-flor frita toda semana.

Se você quiser experimentar o vegetal preparado de um jeito diferente, precisa conhecer duas técnicas muito simples que aguçam o melhor do sabor da couve-flor: grelhada ou em forma de conserva.

Picles de couve-flor

Mergulhar as florzinhas da couve-flor em uma mistura de sal e suco de limão por 45 minutos a uma hora pode transformá-las em pequenas bombas de sabor picante, oferecendo acidez a saladas, sanduíches ou ensopados.

Couve-flor grelhada

Grelhar o vegetal em abundância de carvão fornece uma dimensão extra de sabor. Um purê de couve-flor, por exemplo, é algo brando, mas substitua metade do vegetal por couve-flor grelhada, e de repente o prato ganha uma profundidade defumada. Ou, usá-la em um guisado de carne ou vegetariano pode agregar um sabor inesperado.

Aposte:

Fonte: Bolsa de Mulher