Thinkstock

Historicamente, a descoberta do ponto G, uma suposta região de prazer sexual máximo no corpo, é algo recente. Alardeado por muitos e um mistério para outros, ele ainda gera controvérsias sobre sua real existência, já que ele não é unanimidade mesmo entre todos os médicos.

Segundo estudiosos, o ponto G está localizado no teto da vagina, cerca de três centímetros de sua entrada e, por ser uma região de muita inervação, garantiria orgasmos bastante intensos quando estimulados. Se você ainda não encontrou o seu, confira 3 caminhos para a descoberta, baseados nas instruções da sexóloga Emily Morse para o site da edição norte-americana da revista “Glamour”:

Como achar o ponto G com os dedos

Andrey_Popov/Shutterstcok

De acordo com a especialista, para encontrar o ponto G com suas próprias mãos basta inserir dois dedos na vagina com a palma da mão virada para cima, apontando para o umbigo. Movimente seus dedos para cima e suavemente toque a parte superior da parede vaginal.  Quando você sentir uma área um pouco enrugada, terá localizado o ponto exato.

Brinquedos eróticos para encontrar o ponto G

bombardir7/Shutterstock

A sexóloga afirma que brinquedos sexuais, além de ajudar a encontrar o ponto G, podem estimular o clitóris ao mesmo tempo que faz a “busca”. Este tipo de estimulação simultânea pode garantir orgasmos vaginal e clitoriano. Se você quiser contar com o auxílio do acessório, pesquise sobre o “Nova by We-Vibe”, um tipo de vibrador duplo em formato de U.

Posições sexuais para achar o ponto G

Thinkstock

Se você pretende encontrar e estimular o ponto G com seu parceiro, saiba que deve apostar na posição da cavalgada, em que a mulher fica sobre o homem, controlando a penetração e estimulando o clitóris. A posição permite que o local seja mais facilmente descoberto com os movimentos do pênis do companheiro.

Como encontrar: 

Fonte: Bolsa de Mulher