dpaint / Shutterstock

É certo que não existe regra nenhuma para maquiagem e cada mulher deve se sentir livre para usá-la a ou não e como bem entender. Algumas dicas, no entanto, podem, além de tornar o processo de aplicação dos produtos mais simples, ainda deixar o resultado final mais harmonioso e profissional.

De acordo com o maquiador Tiago Birolini, especialista da marca Natura, vários aspectos devem ser levados em consideração na hora da produção e eles são aperfeiçoados com a prática. No entanto, três detalhes merecem atenção redobrada. A seguir, descubra quais são eles e como evitar que tornem o resultado final da sua produção artificial demais.

Cor da base

Vladimir Gjorgiev / Shutterstock

Segundo o profissional, esse é um dos erros mais comuns e a causa está no equívoco do teste na hora de comprar. “As pessoas tendem a testar a cor no punho. Mas, o rosto tem uma tonalidade bem diferente”, explica o maquiador.

Para acertar, é importante passar o produto no rosto, aplicando o teste desde a lateral da bochecha até o comecinho do osso do queixo. “Precisa aplicar, espalhar bem e esperar secar. Se depois de um tempo a cor ficar diferente, para mais claro ou mais escuro, então está errada e é preciso achar outro tom”, orienta Tiago.

Lápis na sobrancelha

puhhha / Shutterstock

Embora o reforço dos fios da sobrancelha com lápis faça uma diferença muito grande no resultado final da produção, o profissional alerta que é importante ter cuidado na hora de escolher o produto para preenchê-la. “A maioria das pessoas usa o lápis preto e ele é o grande vilão. Lápis preto é para passar nos olhos, na sobrancelha fica pesado”, comenta.

Para acertar, Tiago recomenda o lápis marrom. Mas, não é qualquer um. A tonalidade deve ser de acordo om a pele. Ou seja, mulheres mais claras optam por tons mais abertos, enquanto aquelas de pele mais escura devem apostar nos mais fechados.

Outra dica do maquiador é usar sombra. Requer mais técnica, mas, o resultado é uma sobrancelha marcada com naturalidade. “A sombra deve ser marrom e não tem brilho nenhum, precisa ser totalmente opaca. Depois de aplicar em cima dos pelos, é importante passar uma escovinha para tirar o excesso e deixar com aspecto natural”, explica.

Cor do blush

Subbotina Anna / Shutterstock

O blush é um dos produtos mais importantes para uma produção. No entanto, pesar a mão na aplicação pode ser um problema. “O erro não está na cor. A pessoa pode escolher a cor que quiser. Mas, é preciso saber onde e quanto passar”, pontua Tiago.

Para acertar, ele explica que é preciso dosar a quantidade “É preciso aplicar aos poucos. O ideal é tirar o excesso do pincel. Mesmo para um efeito mais marcado é melhor aplicar aos poucos várias vezes do que correr o risco de exagerar”, orienta.

Fonte: Bolsa de Mulher