Artemida-psy/shutterstock

Diferente dos homens, mulheres têm tendência ao acúmulo de gordura no quadril e coxas e, por isso, o surgimento de celulite é algo normal no corpo feminino. Muitas, no entanto, se incomodam com o problema. Se é o seu caso, os exercícios físicos, junto a uma alimentação regrada, provavelmente são a melhor alternativa.

Enquanto o treino aeróbico contribui para a redução de gordura corporal e, consequentemente, da celulite, as atividades de força enrijecem a musculatura e melhoram o aspecto da pele, além de ativarem a circulação. Entre os inúmeros exercícios que você pode fazer, a musculação oferece 5 que formam uma série poderosíssima. Aprenda a fazê-los a seguir.

Exercícios contra celulite: funcionam mesmo?

De acordo Natalia Bruzzone, educadora física da Smart Fit, a musculação é um excelente exercício quando o objetivo é reduzir celulite. Isso acontece porque ela ajuda a queimar as reservas de gordura e ainda melhora a circulação sanguínea, dois aspectos que estão intimamente relacionados ao aparecimento dos furinhos.

A educadora física conta que há 5 exercícios de musculação que podem amenizar a aparência da celulite. De maneira geral, eles trabalham diferentes partes das áreas que tendem a acumular mais celulite: bumbum e coxas. “O agachamento sumô, por exemplo, é considerado um dos melhores exercícios para trabalhar os posteriores da coxa e glúteos, uma das regiões onde se concentra grande parte das celulites”, explica.

O ideal é que, antes de fazer essas atividades, o praticante procure um educador físico para orientar as melhores opções para seu caso. Caso haja problemas cardíacos, osteomusculares ou de qualquer outra ordem, procure seu médico antes de praticar qualquer exercício físico.

Exercícios de musculação para acabar com a celulite

Agachamento sumô

Mihai Blanaru/shutterstock

Afaste as pernas na largura dos ombros e mantenha os pés apontados para fora. Flexione os joelhos, mantendo a coluna reta. Não deixe os joelhos ultrapassarem a linha dos pés. Faça três séries de 15 repetições.

Nível avançado: segure um halter no centro, próximo ao corpo e com os braços estendidos.

Avanço com deslocamento

glebstock/ shutterstock

Execute o movimento de avanço: focando em uma determinada direção, dê uma passada bem larga afundando o tronco em seu ponto máximo, quase tocando o joelho de trás no chão. “As pernas formarão um ângulo de 90 graus a cada passada. Faça três séries de 30 passos cada”, orienta Natalia Bruzzone.

Nível avançado: segure um halter em cada mão ao lado do tronco.

Elevação pélvica

maridav/shutterstock

Deitada de barriga para cima, dobre os joelhos mantendo os pés afastados na largura do quadril. Eleve o glúteo do chão o máximo que conseguir e retorne com ele próximo ao solo, mas sem encostar. A indicação é fazer três séries de 15 repetições.

Levantamento terra

baranq/shutterstock

De pé, mantenha os pés afastados na largura do quadril, a coluna em posição neutra e o abdômen sempre contraído. Deixe as mãos afastadas na largura dos ombros. Deixe um halter no chão, à frente do corpo.

Projete o bumbum para trás, realizando o agachamento, e segure a barra. Eleve novamente o tronco, trazendo a barra (mantenha os braços esticados para baixo), até ficar novamente em posição ereta, porém esticar completamente os joelhos. traga a barra para cima com as mãos.

Mantenha a coluna reta e não estenda completamente os joelhos. Ao agachar novamente, apoie a barra no chão, mas sem soltá-la, e retorne à posição ereta. O indicado é realizar três séries de 15 repetições.

Observação: comece apenas com a barra, sem peso. À medida que o exercício se tornar mais fácil, adicione peso aos poucos.

Cadeira abdutora

holbox/shutterstock

Feito no aparelho, esse exercício trabalho o músculo glúteo, que faz parte do bumbum. Basta sentar no aparelho, deixar o tronco apoiado no encosto e afastar as pernas, empurrando o apoio para fora. O indicado é realizar três séries de 15 repetições.

Fonte: Bolsa de Mulher