9 melhores dietas de 2016 para conseguir, finalmente, emagrecer neste ano

microvector/Shutterstock

Quem vive fazendo dieta e está sempre em busca de informações de como perder peso de maneira consciente certamente já se deparou com diversas dicas “milagrosas” e dietas supostamente infalíveis que emagrecem rapidamente.

Normalmente, os conselhos são verdadeiras ciladas que comprometem a saúde e até mesmo o processo de eliminação de quilos extras. Confira abaixo as piores sugestões sobre emagrecimentos que você provavelmente já ouviu, segundo uma lista elaborada pelo site “Women’s Health”:

1. “Pare de comer glúten”: a menos que você sofra de doença celíaca ou sensibilidade ao glúten, não há nenhuma razão para eliminar o glúten de sua dieta e não há nenhuma evidência de que isso é eficaz na perda de peso. Cortar o pão tradicional, pizza, biscoitos e outros alimentos do gênero certamente vai fazer você emagrecer, mas não significa, exatamente, a impossibilidade de continuar a desfrutar comidas com glúten moderadamente.

ShutterStock

2. “Exercício é tudo o que você precisa”: de fato, a atividade física é essencial para a perda de peso, mas assim como uma dieta sozinha não faz você emagrecer, apenas praticar exercícios, sem prestar atenção ao cardápio, não será útil para o processo. O ideal é combinar os dois bons hábitos de maneira equilibrada.

3. “Se o alimento é saudável, não precisa de restrição”: o mito não pode ser considerado relevante porque, além da qualidade, a quantidade de determinado alimento deve ser monitorada para a perda de peso. Porções equilibradas de boas comidas é o que faz emagrecer de verdade.

6 formas de turbinar seu almoço para emagrecer - e ir muito além das calorias

Olga Gold/Shutterstock

4. “Tirar um dia para exagerar não atrapalha a dieta”: a ideia de recompensa pode parecer boa, mas não é eficaz para a perda e manutenção do peso, já que o grande aumento de calorias ingeridas em um único dia fará você armazenar gordura corporal, tornando o resto dos dias de moderação ineficaz.

5. “Para emagrecer, basta comer pouco e se exercitar”: os dois hábitos são, realmente, os pilares da perda de peso. Mas não é possível ignorar fatores importantes como uma boa noite de sono e o combate ao estresse, por exemplo, que são essenciais para o sucesso de uma dieta.

Nutricionista ensina: 

Fonte: Bolsa de Mulher