O fato de ter perdido ou saído do emprego não significa que você precisa ficar estagnada. Além de aproveitar o tempo para se atualizar e pôr algumas coisas pessoais em ordem, você também pode se aperfeiçoar e até mudar de finalmente mudar de área. Para não se deixar acomodar, veja seis sugestões do que fazer durante este período:

1. Organize sua vida
Aproveite esse momento para organizar alguns armários, arquivos no computador e até a dinâmica da família. Reduza excessos, doe itens, se mantenha pronta para o novo com o essencial. “Destralhar” a casa faz com que você mantenha em sua vida apenas aquilo que realmente tem significado para você, o que pode abrir espaço para o novo.

2. Aperfeiçoe algum idioma
Sempre há espaço para melhorar até nosso próprio idioma, então veja vídeos no YouTube, faça exercícios de redação e interpretação de texto. Isso vai te ajudar muito em qualquer trabalho que venha a ter futuramente. O mesmo vale para outros idiomas, como inglês, espanhol, francês, sempre há algo para melhorar seja na pronúncia, leitura ou gramática. Aproveite esse período livre para se aperfeiçoar ou começar a aprender um novo idioma. Use a ajuda da Internet, onde os conteúdos, documentários, letras de canções estão disponíveis em outras línguas tão facilmente.

3. Frequente eventos de networking
Nesse momento da falta de emprego, é importante que você faça contatos com o maior número de pessoas que puder. Busque também online e descubra onde estão acontecendo os eventos relacionados à sua área de atuação, frequente lugares de bate-papo e palestras e não seja tímida, apresente-se e faça contatos com possíveis empregadores.

4. Seja empreendedora
Veja se não existe algo latente dentro de você, uma vocação, um talento escondido, algo que você goste ou saiba fazer, e que pode valer algum dinheiro. Se você descobrir algo assim, pode começar devagar para complementar a renda ou até fazer com que isso se torne o grande negócio da sua vida.

5. Saia da zona de conforto
Se você não está aberta a possibilidades fora da sua área principal de interesse, provavelmente terá muito mais trabalho para encontrar novas oportunidades. Não limite as suas opções de buscas, isso irá produzir poucos resultados. Se você expandir os mercados com os quais pretende trabalhar, poderá encontrar o emprego perfeito onde menos espera.

6. Melhore sua imagem nas redes sociais
Com a internet dominando a busca de empregos, tente deixar seu currículo online de alguma forma disponível. Aproveite a fase de desemprego para rever suas informações nas redes sociais, atualizar seus perfis e, quem sabe, criar um espaço de curadoria de conteúdo que tenha a ver com sua área de atuação.

Fonte: Bolsa de Mulher