Você sabe que existe algo de errado com seu corpo, sente grande angústia, experimenta alterações no organismo e não entende como os exames clínicos não apontam qualquer problema físico? Saiba que você pode estar sofrendo de ansiedade excessiva, que atrapalha muito o seu bem-estar. Confira alguns sintomas que indicam que a condição é pior do que você imaginava:

1. Tensões musculares que provocam enrijecimento das costas e do pescoço, dores nos ombros e mandíbula e inquietação de pernas são sintomas clássicos de quem está sofrendo de um quadro grave de ansiedade. Se este é o seu caso, procure um médico e dê um relato detalhado sobre suas condições.

kupicoo/istock

2. Dores de cabeça constante, tontura, dificuldade de concentração e falhas na memória podem indicar que sua ansiedade está em altos níveis e atrapalhando seu organismo muito mais do que você podia imaginar.

3. Prisão de ventre e outros problemas digestivos nem sempre estão ligados a uma alimentação inadequada. Em alguns casos, a ansiedade pode ser a verdadeira culpada, comprometendo de forma intensa o bom funcionamento do organismo.

4. A sensação constante de que algo ruim está prestes a acontecer, preocupação exagerada com a família, irritabilidade e medo exagerado são outros indícios de que você precisa procurar um especialista para tratar sua ansiedade.

10 sinais de que você é uma pessoa MUITO ansiosa - e como ser mais tranquila

Thinkstock

5. Fadiga excessiva ou mesmo falta de sono são dois extremos que podem ter uma causa em comum: a ansiedade. Apesar de te deixar cansada e indisposta, a condição atrapalha o processo de relaxamento, fazendo com que se torne impossível dormir bem e de maneira satisfatória. Até mesmo o desejo sexual pode ficar comprometido quando existe excesso de ansiedade.

6. A ansiedade em excesso pode até mesmo atrapalhar a sua beleza. Saiba que se você anda experimentando queda de cabelos fora do comum e nota o aparecimento de espinhas na vida adulta, o problema pode estar relacionado à condição que atrapalha o bom funcionamento do corpo.

Fonte: Bolsa de Mulher