Apesar de não serem seus próprios filhos, sobrinhos e sobrinhas são a sua família. Com o tempo, você se dará conta de que a experiência que você compartilha com eles tem grande influência na sua felicidade e bem-estar. Esse momento entre o não ser mãe, mas ser irmã e ter vivido parte de uma história que se repete é muito marcante, inclusive, para uma tia.

1. Com cada sobrinho ou sobrinha que nasce, seu coração só fica maior. Aquela velha máxima de que em coração de mãe sempre cabe mais um, também se aplica ao coração de tia.

2. Você tem a oportunidade de fazer junto com eles tudo o que não fez quando era garota. Ou melhor, tem a chance de reproduzir agora com eles todas as melhores brincadeiras da infância e adolescência.

3. Você se enxerga refletida neles. Não apenas a sua infância ao lado de sua irmã, como também se pode relembrar através de outra perspectiva a criação dada por seus pais. Vendo como é trabalhoso cuidar de um bebê, pense como sua mãe dava conta de você e mais seus irmãos.

4. Você pode tentar coisas absurdas. Como você é a tia, e não tem que lidar com a responsabilidade de uma alimentação correta ou de frustrar a criança dizendo “não”, você oferece tudo de melhor.

5. Como te fazem exercer um talento especial para responder perguntas inconvenientes. E assim, desenvolvem sua criatividade a um nível muito mais complexo e superior.

6. Como a divertem e a fazem rir quando dizem coisas inapropriadas, ou com a pronúncia errada ou trocada, e que foi você que lhes ensinou em segredo.

7. Te ajudam a ser mais responsável. Ser tia e ter a oportunidade de experimentar cuidar de criança te faz conhecer as responsabilidades que implica ter um filho. Assim, é possível descobrir se você está preparada para isso. 

Idade ideal:

Fonte: Bolsa de Mulher