Apesar de serem consideradas um verdadeiro pesadelo, as chamadas DRs muitas vezes são necessárias e capazes até mesmo de salvar um namoro ou casamento. Discutir a relação nunca é simples ou fácil, mas se você seguir algumas “regras”, a conversa pode trazer diversos benefícios ao relacionamento e ao bem-estar emocional dos envolvidos. Confira algumas coisas que você nunca deveria fazer durante uma DR:

1. Quando chegar o momento de discutir a relação, tente adotar a calma e evite o tom autoritário para não afastar logo de cara o parceiro. Descrever seus sentimentos de forma mais direta possível, evitando acusações e agressividade, é muito mais saudável e eficaz.

2. Se seu companheiro é calado e introvertido, certamente possui dificuldade em se expressar. Por isso, incentive a conversa de forma tranquila para que ele consiga refletir, organizar os pensamentos e dizer o que sente, sem pressão ou cobranças imediatas.

3. É importante de direta nas críticas algumas vezes, mas partir para a ofensa, gritos e agressões físicas quando você perde a razão inviabiliza qualquer debate maduro e possibilidade de contornar o problema de maneira amigável.

6 piores erros que você comete quando tenta discutir a relação

Thinkstock

4. Nem sempre é fácil se fazer entender em um DR. Por isso, é válido citar exemplos práticos, falando de um dia específico ou atitude pontual que o parceiro teve e que te deixou magoada. Mas evite, ainda, transformar uma discussão de relação em um muro de lamentações, reclamando de assuntos não resolvidos de anos anteriores.

5. Toda DR deve ser privada, realizada com calma e atenção. Portanto, nada de tentar iniciar uma conversa séria e importante para a relação de forma impulsiva, em uma festa ou outro lugar público.

6. Permanecer muito fechada e se recusar a ouvir e compreender críticas é outro erro que pode acabar jogando por água abaixo a possibilidade de resolver os problemas do casal através da conversa.

7. Procure manter o diálogo e os problemas focados somente na relação a dois, evitando incluir familiares ou amigos na discussão. Telefonar para sua sogra, por exemplo, para reclamar do marido ou pedir para alguém falar com ele sobre determinado assunto é ineficaz e pode causar diversos constrangimentos.

8. Fazer uma D.R. é importante, mas conversar sobre o relacionamento toda semana é inviável e até mesmo insuportável. É importante encontrar um meio termo e evitar também acumular uma grande quantidade de assuntos para debater tudo de uma vez. A conversa não será produtiva e pode ser contaminada por raiva contida há muito tempo.

Fonte: Bolsa de Mulher