Aprenda a forma correta de lavar o sutiã

Thinkstock

Escolher, provar, comprar e cuidar depois das peças de lingerie não é uma tarefa fácil. Muitas delas parecem perfeitas até que sejam cobertas por roupas. Outras, as preferidas, exigem mais frequência ao lavar e, por isso, mais cuidado para se manterem inteiras. Enfim, todas as mulheres já viveram alguma situação parecida por conta de suas roupas íntimas.

1. Quando ela aperta e retrata os culotes
A escolha da roupa íntima com mais tecido deveria oferecer mais proteção por todas as partes, mas muitas vezes isso só acaba retratando mais as laterais dos quadris, quase tanto quanto um fio dental.

2. Quando você tem que trocar de roupa por causa da lingerie
Não, você não pode usar essa saia que estava tão ansiosa para vestir, porque a calcinha que você precisa está na máquina de lavar.

3. Como é difícil escolher lingerie para viagem
E com o fardo de não saber o que vestir, você ainda tem que lembrar todas as variáveis do que pode ser usado por baixo para não errar.

4. Quando as suas peças favoritas se desfazem
E você tem que usar aquelas mais antigas com desenhos do Mickey Mouse, ou que apertam embaixo os quadris.

5. Quando o elástico se desgasta ou arrebenta
Ou, pior, quando ele se arrebenta e fica pendurado na calcinha ou enganchado na sua pele.

6. Quando aparece um buraco
E você sabe o que significa um pequeno buraco. É como se você tivesse a certeza de que vai aposentar a calcinha porque não vai costurá-la a tempo de virar um grande buraco.

7. Quando você fica sem roupa limpa
E então você tem este grande dilema que distingue as pessoas que ficam até tarde lavando roupa quando chegam em casa ou compram lingeries novas, porque as velhas estão sujas.

8. Quando você quer ou precisa tirar sua calcinha
Seja em um momento sexy, ou de necessidade como na hora de realizar um exame ou consulta médica, e percebe que existe uma situação embaraçosa lá embaixo.

Fonte: Bolsa de Mulher