Bruno Ramires entrou na última partida do Cruzeiro, contra o Campinense, no Mineirão, foi no lugar de Henrique, atuando como volante, sua posição de origem. A outra vez que ele jogou na temporada foi no empate em 2 a 2 com Boa Esporte, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Mineiro. Criado nas categorias de base da Raposa, ele quer muito mais.

– Estou à disposição, estou aqui para agregar. O que precisar eu estou pronto, tentar ajudar o máximo possível, de lateral, de volante, até no gol também.

Se for para o Cruzeiro sair vencer, eu estou aí para ajudar. Peraí, Bruno.

..

Até no gol? A vontade é tanta de jogar que o volante se colocou à disposição para atuar em qualquer função dentro de campo. Debaixo das traves, no entanto, a concorrência é pesada, com o goleiro Fábio, ídolo da torcida e capitão do time.

Brincadeiras à parte, Bruno Ramires elogia o trabalho do treinador interino Geraldo Delamore. – Estamos pegando confiança nos treinamentos, nos jogos.

O Delamore é uma grande pessoa, que me dá confiança. Me deu a chance de jogar na quinta-feira.

É isso aí, jogo a jogo ganhando confiança e nós vamos chegar lá. 
O Cruzeiro enfrenta o Londrina, nesta terça-feira, no estádio do Café, às 21h30
(de Brasília), no Paraná, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Se vencer por
dois ou mais gols de diferença, elimina o jogo da volta. A estreia é no Campeonato
Brasileiro é próximo sábado, às 21h, em Curitiba, contra o Coritiba, no estádio
Couto Pereira.

O time comandado por Geraldo Delamore permanece toda a semana no
Paraná para realizar as duas partidas. 
.

Fonte: Globo Esporte