Slavica Stajic/Shutterstock

Sementes, grãos e farinhas naturais normalmente estão presentes no cardápio de quem quer emagrecer com saúde por ajudarem a garantir saciedade e bom funcionamento do organismo e, claro, pela versatilidade, uma vez que podem ser incluídos em diversas preparações para renovar pratos, sucos e vitaminas. Confira abaixo as propriedades da chia, linhaça, freekeh e amaranto e aprenda a forma certa de consumir para perder peso:

Chia emagrece e garante saciedade

Como adicionar chia ao seu café para emagrecer mais fácil: nutricionista ensina

AS Food studio/Shutterstock

Além de ser boa fonte de fibras, que auxiliam na digestão e melhoram o funcionamento intestinal, a semente contém ácidos graxos, antioxidantes, cálcio, ferro e proteínas. Rica em ômega 3, a chia previne o acúmulo de colesterol ruim no sangue e melhora a circulação, e ainda é conhecida por combater depressão e mau humor.

O alimento é aliado da dieta por garantir saciedade, já que, em contato com a água, ele absorve grandes quantidades do líquido e se transforma em uma espécie de gel, que reduz a vontade de comer.

Como consumir chia para emagrecer

A melhor maneira de consumir chia para perder peso é colocar de molho em um copo de água duas colheres do grão, durante 15 minutos, e ingerir antes das refeições. Além disso, a presença abundante de fibras faz com que a digestão aconteça de forma mais lenta, evitando que o corpo acumule gorduras. Outra boa maneira de ingerir a semente é na combinação com tapioca, que turbina o poder emagrecedor do alimento.

Linhaça queima gorduras

O motivo que faz com que a linhaça seja aliada da perda de peso é que ela também é rica em fibras que incham no estômago quando entram em contato com a água, fazendo com que a sensação de saciedade aumente por mais tempo.

Além disso, o alimento ajuda a melhorar o funcionamento do intestino, promovendo maior eliminação de toxinas do organismo. A linhaça ainda contém ômega 3, uma gordura boa que possui efeito anti-inflamatório que combate a gordura na região abdominal.

Como consumir linhaça para emagrecer

O alimento deve ser incluído aos poucos na dieta para não causar constipação. Por isso, é importante ainda beber bastante água durante o dia. O ideal é que o consumo seja de até 3 colheres de sopa por dia. Você pode moer as sementes e misturar com diversas receitas para emagrecer, como saladas, iogurtes ou sucos. Vale lembrar que a farinha preserva melhor suas propriedades quando mantida em um pote fechado dentro da geladeira.

Freekeh ajuda na dieta

Shutterstock

Apesar de menos comum, mais difícil de ser encontrado em lojas e com nome complexo, o alimento nada mais é do que trigo, mas colhido antes do seu amadurecimento total. Rico em fibras, ele promove saciedade, além de fazer uma verdadeira faxina de toxinas, colaborando para o processo de emagrecimento e no controle de colesterol e diabetes. Por ter baixo índice glicêmico, faz com que a entrada da glicose no sangue seja mais lenta, evitando a produção de insulina, que induz a produção de gordura.

Como consumir Freekeh para emagrecer

Para tirar proveito do alimento o indicado é colocar 1 xícara de chá em 2 ½ xícara de água. Espere ferver e amolecer por cerca de 15 a 20 minutos. Em seguida, o Freekeh pode ser misturado a saladas, risotos e sopas, por exemplo. Vale ainda lembrar que o grão deve ser ingerido apenas uma ou duas vezes na semana e não ultrapassar a quantidade de 3 colheres de sopa em uma refeição, por causa do glúten.

Amaranto para perder peso

Por ser riquíssimo em fibras solúveis, o amaranto ajuda na dieta por aumentar a saciedade e atuar no combate à gordura corporal. O alimento ainda é uma boa opção para quem pratica exercícios físicos, devido ao seu alto teor de proteínas. Como se não bastasse, ele ainda contribui para a redução dos níveis de colesterol no sangue e para o combate da pressão arterial.

Como consumir amaranto para emagrecer

O amaranto pode ser encontrado na forma de grãos, farinha ou flocos. Por não ter sabor muito marcante, pode tranquilamente ser acrescentado a sucos, iogurtes e frutas como substituto da aveia, por exemplo. Duas colheres de sopa é o suficiente para aproveitar todos os benefícios. O alimento ainda pode ajudar pessoas que sofrem de intolerância ao glúten, já que sua farinha é uma alternativa saudável para preparação de bolos, tortas e biscoitos.

Veja dicas e benefícios: 

Fonte: Bolsa de Mulher