Você já deve ter ouvido falar que maçã dá fome, mas isso não passa de crendice. O nutrólogo Roberto Navarro explica que a fruta dificilmente mata a fome e não é correto substituir uma refeição por uma maçã.

Por outro lado, ela também não deixa ninguém mais faminto. Pelo contrário, quando consumida com casca, ela contribui para a saciedade, já que é nela que se concentram as fibras da fruta.

Frutas com polpas mais duras têm mais fibras, como a goiaba e a pera, e são ideais para quem busca alimentos saudáveis para lanchar. “Para saciar a fome, o ideal é consumir frutas que têm mais fibras porque elas são prolongadoras de saciedade”, orienta Navarro.

Rica em antioxidantes e vitamina C (https://www.bolsademulher.com/dieta/3983/maca-emagrece-e-traz-beneficios-para-saude), ela auxilia no bom funcionamento das células e pode até mesmo afastar os riscos de o organismo desenvolver câncer, comenta o médico ortomolecular Wilson Rondó Jr.

Além disso, a fruta também ajuda a diminuir o colesterol, previne problemas respiratórios, combate gripes e resfriados, diminui riscos de diabetes, melhora funções cerebrais e ajuda a melhorar a memória e a combater o mau-hálito.

Rica em fibras, a casca da maçã também tem um componente chamado ácido ursólico que está relacionado a um menor risco de obesidade, porque aumenta a queima de calorias e ajuda a desenvolver músculos e massa magra. 

Fonte: Bolsa de Mulher