BigLike Images / Shutterstock

Pouca ingestão de água, desequilíbrio hormonal, uso de medicamentos ou consumo excessivo de sódio são alguns dos principais causadores do inchaço provocado pela retenção de líquidos. Os incômodos podem ser passageiros ou duradouros, dependendo dos motivos. Para se livrar do inchaço na barriga em apenas uma semana, confira o plano com 7 passos indicado pela nutricionista Claire Barnes no site do jornal “Daily Mail”:

9nong/Shutterstock

Primeiro dia: faça um diário alimentar

O primeiro passo é anotar sempre os alimentos que você comeu e causou inchaço, já que a condição também é provocada por uma intolerância alimentar. Evitar as comidas que geram mal-estar contribui para o combate possíveis inflamações no intestino que desencadeiam diarreia ou constipação. Normalmente, intolerâncias alimentares são provocadas por produtos lácteos, trigo, fermento, álcool e ovos.

Segundo dia: atenção à digestão

Com o passar dos anos, nosso ácido do estômago e enzimas digestivas são reduzidos, tornando mais difícil para o corpo a quebrar os alimentos para a absorção. Se a digestão na ocorre regularmente, os alimentos ingeridos podem começar a fermentar no trato digestivo, causando gases e inchaço. A especialista aconselha tomar uma colher de sopa de vinagre de maçã em um pequeno copo de água filtrada antes de comer alimentos amargos, tais como vegetais de folhas verdes. Abacaxi e manga também contêm enzimas que ajudam a quebrar os alimentos e melhorar a digestão.

vectorfusionart/Shutterstock

Terceiro dia: aprenda a aliviar o estresse

Uma parte fundamental do combate ao inchaço é relaxar e garantir que está livre de distrações antes e durante as refeições. Se estamos estressados, nosso corpo não presta atenção à digestão, resultando em uma falha na quebra de alimentos. Procure ainda mastigar bem os alimentos para produzir saliva, que contém enzimas que ajudam na absorção de alimentos.

Quarto dia: aumente as bactérias benéficas

O próximo passo em sua busca por uma vida sem inchaço é aprender como aumentar os níveis de bactérias benéficas no seu intestino. Para fazer isso é importante comer alimentos mais fermentados, como queijo cottage e iogurte, para garantir a manutenção do aparelho digestivo, o que pode ajudar a evitar intolerâncias alimentares, e ainda uma flora intestinal equilibrada.

Quinto dia: corte os alimentos processados

Alimentos processados ​​e carboidratos refinados, como pão branco, bolos e massas podem causar estragos ao sistema digestivo e ser um dos motivos pelos quais você sofre constantemente com inchaço. Uma dieta rica em alimentos processados ​​e açúcar promove crescimento e multiplicação de bactérias patogênicas em detrimento das bactérias benéficas. Além de abandonar comidas do gênero, procure comer pelo menos cinco legumes e duas frutas por dia e consumir mais peixes como sardinha e salmão.

9632290_400/istock

Sexto dia: melhore o metabolismo

Outra maneira fundamental para regular o inchaço é estimular os movimentos intestinais, comendo mais fibra solúvel, que pode ser encontrada em grãos, como linhaça e frutas, por exemplo. Vale lembrar, no entanto, que, juntamente com fibras, você deve beber pelo menos dois litros de água por dia para que não ocorra constipação.

Sétimo dia: faça exercícios de relaxamento

Atividades como ioga, pilates e meditação, ou seja, que ajudam a relaxar o corpo e melhorar tanto o sistema nervoso quanto o digestivo, são boas opções para evitar o inchaço por combinarem o alívio do estresse e ansiedade com movimentos que fazem o corpo trabalhar de maneira mais eficaz.

Fim da “pochete”: 

Fonte: Bolsa de Mulher