auleena/Shuttertsock

Mesmos nós, brasileiros, que vivemos em um país tropical com estações do ano que nem sempre são bem definidas, sentimos as variações de temperatura no corpo, na pele e até na saúde, com ocorrência de doenças e alergias típicas de cada uma. E você sabia que a mudança no tempo pode até mesmo alterar sua atividade cerebral?

De acordo com um estudo feito pela Universidade de Liege, na Bélgica, alterações de humor que você sente em diferentes períodos do ano não são apenas mera coincidência e possuem explicação simples: o cérebro humano usa seus recursos e executa suas funções cognitivas de maneiras diferentes na primavera, verão, outono e inverno.

Para realizar a pesquisa, os estudiosos fizeram a análise da função cerebral de 28 adultos durante as quatro estações da seguinte maneira: a cada estação, os voluntários passavam quatro dias e meio no laboratório, longe da luz solar e sem contato com o mundo externo. Após o período determinado, os cérebros dos participantes foram digitalizados enquanto realizavam diferentes funções separadas por necessidade de atenção e acesso a memórias.

De acordo com o estudo, a atividade cerebral dos participantes apresentava picos nos exercícios de atenção durante o verão enquanto, no inverno, as mesmas tarefas apresentavam resultados inferiores. Nos exercícios de memória, a atividade cerebral indicou picos no outono, em oposição ao declínio observado na primavera.

Ainda não foi descoberto por que essas mudanças ocorrem de acordo com as estações, mas o estudo é inédito ao apresentar que a atividade do cérebro associada à atenção e memória podem sim sofrer efeitos sazonais, indicando que o cérebro é capaz de promover adaptações ao nível de eficiência seguindo épocas do ano diferentes.

Moda econômica: 

Fonte: Bolsa de Mulher