akiradesigns/Shutterstock

Se você está em um relacionamento fixo e já pensa em engravidar, que tal apostar em sexo oral para aumentar suas chances de fertilidade? Não estamos dizendo, obviamente, que a prática possui relação direta com o encontro do espermatozoide com o óvulo, mas segundo um recente estudo, engolir o sêmen do companheiro pode funcionar como uma ajuda extra para a fecundação.

A ideia pode parecer absurda, mas o trabalho científico publicado pelo “Journal of Reproductive Immunology” aponta que quando a mulher engole o sêmen, seu organismo passaria a se acostumar com o DNA do companheiro, reduzindo as chances de rejeição do corpo a um corpo estranho, consequentemente facilitando uma fertilização.

ArIllustrator/Shutterstock

A equipe médica, no entanto, ressalta que trabalha apenas sobre uma hipótese e que ainda são necessárias muitas pesquisas para determinar se, de fato, existe essa relação. Vale lembrar ainda que, apesar de não engravidar, o sexo oral desprotegido pode transmitir doenças e a ingestão do sêmen aumentariam os riscos de contágio.

Existe ainda o fator bastante pessoal, que deve ser estabelecido de acordo com cada casal e a escolha de engolir ou não o sêmen do parceiro deve depender exclusivamente da vontade e disposição da mulher.

Ajuda para engravidar: 

Fonte: Bolsa de Mulher