HandmadePictures / Shutterstock

Basta seguir algumas musas fitness no Instagram para saber que para não enjoar de alguns ingredientes essenciais para uma alimentação saudável, elas apostam em muita criatividade na hora do preparo. Muitas dessas dicas podem – e devem – ser colocadas em prática. Exemplo é o chips de cenoura feito pela Carol Magalhães para dar crocância à salada.

A modelo contou que usa o truque para deixar a salada verde mais gostosa. No prato que publicou, ela fez a base de alface e acrescentou tomate-cereja, rico em propriedades que combatem os radicais livres; minipimentões, pouco calóricos e ricos em vitaminas; palmito, rico em fibras e com baixo valor calórico; pepino, pouco calórico e rico em propriedades antioxidantes; e finalizou com chips de cenoura para deixar a salada crocante.

Chips de vegetais 

karnavalfoto / Shutterstock

Qualquer vegetal pode virar um chips crocante. Jeito diferente de consumir é tática para não enjoar

De acordo com a nutricionista Fernanda Faustino Ribeiro, especialista em nutrição clínica, ortomolecular, desportiva e estética, a alternativa é uma boa saída para conseguir garantir uma alimentação variada e saudável sem enjoar de nenhum ingrediente.

Mas, além do paladar, o modo de preparo também é positivo. Isso porque, diferente do preparo via cozimento, os vegetais assados não perdem suas propriedades nutritivas.

Como fazer chips de cenoura

Preparo

Para o preparo, a profissional recomenda três dicas:

A primeira delas é referente à casca, parte dos vegetais que mais contém vitaminas e minerais e possibilita que eles se mantenham mesmo depois de ir ao forno. Por isso, depois de higienizar a cenoura, o ideal é cortá-la em fatias bem fininhas sem retirar a casca.

Na hora de assar, caso seja preciso untar a assadeira, Fernanda indica o óleo de coco, que aumenta a saciedade e tem propriedades anti-inflamatórias, ou o azeite que, diferente do que se propaga, só perde suas propriedades depois de uma hora em alta temperatura.

Para tornar o ingrediente ainda mais saboroso, temperos naturais como orégano, coentro, manjericão, salsa e cebolinha podem ser acrescentados.

Armazenamento

Além de diferente, a receita ainda pode se tornar prática. É possível guardar os chips por até dias 3 dias. “Eles devem ser armazenados em recipiente de vidro, já que, diferente dos plásticos, são completamente livres de toxinas, e podem durar até 3 dias na geladeira em uma temperatura de 4 graus”, recomenda.

Chips de batata doce, abobrinha e batata

Moving Moment / Shutterstock

Inovar nos temperos e variar os acompanhamentos é segredo para tornar o prato mais apetitoso

Embora Carol Magalhães tenha optado pela cenoura, o modo de preparo e de armazenamento serve para outros legumes. A nutricionista ainda lembra que é possível fazer várias combinações. Além de ser utilizado como um ingrediente para as saladas, ela recomenda o uso com pastinhas caseiras, como uma torrada, como acompanhamento para carnes magras grelhadas e até puro, como um lanchinho.

Fonte: Bolsa de Mulher