GaudiLab/Shutterstock

Se você está acima do peso e quer eliminar aquelas gordurinhas extras certamente já ouviu dizer que deve se focar apenas em exercícios aeróbios, que seriam os verdadeiros responsáveis pela perda rápida de peso. De fato, atividades como zumba, esteira, spinning e afins apresentam resultados mais expressivo no que diz respeito a gasto calórico do que a musculação. ´

Porém, em grande parte dos casos, a queima rápida de muitas calorias não significa, exatamente, a melhor forma de emagrecer definitivamente, já que, após um tempo, é normal notar um ganho de peso, especialmente depois de uma dieta rigorosa e se a pessoa não mantém o ritmo de atividades que desejava quando começou a se exercitar.

Thinkstock

Portanto, especialistas recomendam que, em vez de praticar exercícios queimadores de gordura pensando apenas nos efeitos imediatos da balança, o ideal é combinar atividades aeróbicas com musculação.

Muitas vezes rejeitados por mulheres nas academias por medo de ganho exagerado de músculos, a musculação pode ser a chave para a manutenção do corpo esbelto por mais tempo. Por mais que no começo a prática possa provocar aumento de peso, a longo prazo ela ajuda no acúmulo de massa muscular que, por sua vez, pode acelerar o metabolismo.

11 verdades sobre a alimentação PÓS-treino que você PRECISA entender

Thinkstock

Se além de uma alimentação equilibrada, claro, você ainda conseguir manter uma rotina de treinamento de força, seu corpo é capaz de aprender uma dinâmica metabólica que deixa mais fácil e natural a queima de calorias que ingere.

A musculação ajuda não só a potencializar o exercício aeróbico, mas também a aumentar o gasto calórico durante as atividades. Outro ponto positivo da malhação é que o corpo continua gastando energia mesmo após o treino, por um período que pode se estender até o dia seguinte.

Acha chato fazer exercícios?: 

Fonte: Bolsa de Mulher