Kaspars Grinvalds/Shutterstock

Normalmente, a falta de lubrificação da vagina é uma queixa comum entre mulheres que têm dificuldade em sentir prazer no sexo justamente pelo desconforto e dor que o problema pode causar.

Alterações hormonais, fatores psicológicos e uso de antibióticos e pílula anticoncepcional podem provocar a condição. No último caso, vale consultar um ginecologista para verificar se existe uma possibilidade de substituição do contraceptivo oral que poderá acabar com o problema.

krivenko/Shutterstock

Mas saiba que o oposto também acontece, apesar de menos corriqueiro. Mulheres que ficam lubrificadas demais nas relações sexuais podem ficar em dúvida se isso é saudável e podem até sofrer pela falta de atrito do pênis com a vagina, que atrapalharia o prazer.

Em sua coluna no portal UOL, o médico Jairo Bouer afirma que, antes de mais nada, a mulher que fica muito lubrificada precisa discutir o assunto com um médico para descobrir se está tudo em ordem com a saúde íntima, já que alguma infecção ou alteração metabólica podem deixar a lubrificação diferente.

O especialista ainda afirma que não existe um remédio específico e eficaz para reduzir a lubrificação, mas indica o uso de camisinha como um bom acessório para aumentar o prazer, já que o preservativo aumenta o atrito na transa e ainda protege contra doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada.

Dicas para ter mais prazer: 

Fonte: Bolsa de Mulher