Caspa é a forma como é popularmente conhecida a dermatite seborreica. Trata-se de uma doença inflamatória e crônica que causa descamação no couro cabeludo e pode deixá-lo avermelhado.

Apesar de não ser uma doença perigosa, coçar a cabeça pode provocar feridas que, quando inflamadas, ficam como machucados na cabeça. Quando não tratada, casos mais graves de caspa podem até mesmo acarretar a queda de cabelo.

De acordo com a tricologista Cris Dios, fazer detox no couro cabeludo é um excelente tratamento caseiro contra caspa. Ela ensina a misturar 60 ml de suco de limão ou vinagre de maçã com óleos essenciais de melaleuca, alecrim, lavanda (que tem ação calmante) ou gengibre (que tem ação anti-inflamatória).

“Você mistura o suco de limão ou o vinagre com duas gotas de óleo essencial. Opte por dois tipos e coloque uma gota de cada. Passe esta loção natural no couro cabeludo, deixe agir de 5 a 10 minutos, e depois lave a cabeça normalmente com shampoo e condicionador”, explica Cris.

Este detox capilar não tem contraindicação e ajuda a fazer a limpeza e tirar o excesso de gordura do couro cabeludo, equilibrar o PH e ainda tem poder adstringente. Ou seja, retira os resíduos de produtos e poluição, deixando a região saudável.

Passar limão no cabelo faz mal?

Apesar da loção ter suco de limão na composição, a tricologista não recomenda passar o limão diretamente no couro cabeludo.

“Não recomendo passar diretamente o limão na cabeça por dois motivos: ele pode dar um efeito imediato, mas não tem o poder de tratamento, como os óleos essenciais têm. Ele puro, sendo esfregado, ainda pode causar muita irritação na pele”, explica.

Se você acha estranho passar óleo essencial em um couro cabeludo oleoso, não precisa ficar com medo. Cris explica que diferentemente do óleo vegetal, o óleo essencial não e gorduroso. 

Fonte: Bolsa de Mulher