por Jaqueline Rodrigues

Estudo aponta que amizade é tão importante para saúde quanto dieta e exercícios

Monkey Business Images/Shutterstock

Estudo aponta que aos 25 anos é a idade em que mais se tem amigos

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, e Aalto, na Finlândia, compartilhada pelo jornal O Globo as pessoas têm seu recorde de número de amigos aos 25 anos. Essa é a  idade em que nós temos mais amigos.

O estudo, que foi publicado na revista “Royal Society Open Science”, revela que depois disso, casamento e filhos levam a uma redução do círculo de amizades, quando a rede de contatos diminui gradativamente.

De acordo com o jornal, a análise foi feita a partir das ligações telefônicas de 3,2 milhões de pessoas na Europa. “Quanto mais chamadas e mais duradouras, maior nossa rede de amigos — e isso ocorre aos 25 anos. Essa é a  idade em que se tem mais amigos. Pessoas mais velhas passam mais tempo socializando com um menor grupo de amigos e com a família”, revelou a reportagem.

Segundo os pesquisadores, os círculos sociais tendem a diminuir até os 45 anos, quando o número se estabiliza por cerca de uma década. A partir dos 55 anos, começa outra nova redução que passa a ser constante.
 

Amigos do namorado:

Fonte: Bolsa de Mulher