Ameiii meu presente Migs @julianunesbarboza 👗 lindooo 💟💟💟 da @jnstore!!

A post shared by ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Amanda Djehdian ✨ (@amandadjehdian) on

A ex-BBB Amanda Djehdian passou recentemente por um pequeno susto ao perceber que estava perdendo muito peso e, como se não fosse o bastante, com uma notável queda de cabelo. Depois de muita investigação, os médicos chegaram a uma conclusão sobre o que está acontecendo e a famosa já foi operada e está de repouso em casa. Entenda a seguir o que aconteceu.

O que aconteceu com Amanda Djehdian? 

À redação do Bolsa de Mulher, a assessoria da ex-BBB disse que, ao todo, a famosa perdeu 8 kg em consequência da formação de quatro pedras na vesícula. Outras consequências foram alterações no fígado e, ainda, queda de cabelo, sintoma que segundo a assessoria estaria mais relacionado a fatores emocionais.

Amanda fez a cirurgia no último dia 30, em São Paulo, teve alta pouco tempo depois e agora já está em casa, de repouso por 10 dias.

O que causa cálculos vesiculares

De acordo com gastroenterologista José Luiz Capalbo, coordenador do Centro de Gastroenterologia do Hospital 9 de Julho (São Paulo), a vesícula é o órgão responsável por armazenar a bile, líquido corporal que tem funções digestivas.

A bile é composta por água, sais biliares e colesterol. Quando existe algum desequilíbrio entre esses componentes, ela cristaliza. Com o tempo, essa cristalização leva à formação dos cálculos na vesícula (chamados vulgarmente de pedras).

O médico explica que não se sabe exatamente qual é o fator direto que causa as pedras, mas é comprovado que elas aparecem mais mulheres com mais de 3 filhos, pessoas obesas e indivíduos que façam regimes prolongados.

Pode mesmo cair o cabelo? 

O especialista explica que não existe nenhuma relação entre os cálculos vesiculares e a queda de cabelo. Ele explica que é preciso procurar por outras possíveis causas, como deficiências vitamínicas, estresse e alterações hormonais.

Perda de peso 

O emagrecimento, no entanto, pode ser explicado pelos cálculos na vesícula. O gastroenterologista José Capalbo explica que isso acontece porque, sempre que a pessoa se alimenta, sente uma dor abdominal muito forte, especialmente quando há ingestão de alimentos gordurosos.

O especialista explica ainda que é comum que as pessoas digam que “cirurgia de retirada da vesícula engorda”, mas, na verdade, ela só volta a se alimentar de maneira normal e, portanto, volta ao peso normal.

Outros sintomas 

O médico explica que os principais sintomas de pedras na vesícula em fase inicial são dor de estômago e má digestão. Quando ocorrem complicações, essa dor se espalha para o lado direito e pode haver febre e calafrios. “É uma intolerância a comidas gordurosas, parece que a pessoa tomou um veneno”.

Tratamento é sempre cirúrgico? 

Para grande maioria das pessoas com cálculo de vesícula, o tratamento consiste em cirurgia de retirada do órgão por laparoscopia ou cirurgia robótica. “Não basta apenas retirar as pedras, que voltarão se a vesícula toda não for retirada”. O procedimento cirúrgico só não é feito quando a pessoa é muito idosa, por exemplo, e as consequências da cirurgia e da anestesia são mais danosas que os sintomas dos cálculos.

Caso o cálculo seja muito pequeno, caso em que ele é chamado de microlitíase, também é fundamental que o paciente passe por cirurgia, uma vez que a pedra se move mais facilmente e pode entupir canais do fígado ou pâncreas, causando doenças mais graves. 

Fonte: Bolsa de Mulher