O Match.com, um dos sites mais famosos de encontros virtuais no mundo, acabou gerando uma baita publicidade negativa para si ao tratar, em um de seus anúncios, uma característica perfeitamente normal de algumas pessoas como defeito: as sardas na pele. Em um cartaz de anúncio colocado no metrô de Londres, na Inglaterra, a marca publicou uma foto de uma mulher com cabelos ruivos e sardas com a frase: “Se você não gosta de suas imperfeições, alguém irá gostar”.

Muitos internautas se revoltaram com o uso da palavra “imperfeições”, atribuída às pintinhas na pele da modelo e aos seus cabelos ruivos. É como se a publicidade dissesse a todas as mulheres que têm essas características naturais: “Você pode não se gostar, porque realmente você não é perfeita. Mas, fique tranquila porque, mesmo assim, tem quem te queira”. Por que essa mensagem é ofensiva e tem provocado tanta revolta na internet? Entenda.

Uma comunidade mundial de solteiros que querem se conhecer, ter um relacionamento casual ou encontrar o amor para a vida inteira é uma proposta muito comum à era dos matches, encontros amorosos virtuais, que pipocam a cada dia por meio de aplicativos nos smartphones.

Apesar deste formato moderno, o anúncio do Match.com reforça padrões estéticos convencionais e ultrapassados que tratam características naturais, como as sardas, como algo “imperfeito”.

O cartaz foi alvo de críticas de muitas pessoas que o viram no metrô de Londres e divulgaram nas redes sociais. Algumas pessoas fizeram intervenções na publicidade, deixando recados do tipo “isso não é imperfeição, isto é tom de pele”.

A publicidade faz parte de uma campanha intitulada #LoveYourImperfections (em tradução, “Ame suas imperfeições”).

No site norte-americano Refinery29 (em inglês), a colunista Natalie Gontcharova se manifestou sobre o assunto dando uma lição de igualdade e respeito às diferenças: “Sardas são maravilhosas. Cada tom de pele é maravilhoso. E isto (a publicidade) é especialmente triste de ver em um país onde há, para dizer o mínimo, um estigma em ser ruivo”.

Em resposta à série de críticas ao anúncio, o Match.com divulgou seu posicionamento no Twitter, se desculpando por ter ofendido alguém:

É importante destacar que se você tem sardas e prefere escondê-las, com maquiagem ou com tratamento estético, tudo bem. Se você quiser assumi-las naturalmente, tudo bem também!

Fonte: Bolsa de Mulher